Automobilismo, mais que uma simples paixão

Ninguém entende quando falamos de corridas, quando falamos de F1, WRC, WEC, DTM, WTCC, V8 Supercars, Stock-Car, Moto GP e qualquer outra categoria que reúna diversos pilotos, para “andar em círculo”, somos criticados por gostar dessas máquinas que só poluem o meio-ambiente, um esporte caro, para poucos, que mal é televisionado, que somente quem é aficionado entende!

wrcc

Muitos me perguntam, qual a graça de ver dez, vinte, trinta carros andando de um lado para o outro, sendo que sempre “quem larga na frente é quem vence” (um mal da F1 que vem de muito tempo que também não é bem assim), me perguntam como eu entendo, porque eu perco 1 hora, 2, 3, 6, 24 horas assistindo uma corrida, como eu tenho coragem de acordar as 9, 8, 4, 2 da manhã sendo que muitas vezes “já se sabe o resultado”…

f111

É difícil explicar, na verdade, é impossível, é algo que se sente, que se curte…talvez seja o ronco dos motores, o cheiro de borracha queimada no asfalto da pista, a beleza das diferentes pinturas dos carros, a audácia e coragem dos pilotos por estar andando sempre no limite de seus carros e seus corpos, muitas vezes correr no “escuro”, com chuva intensa, com pouca visualização, a noite, de madrugada, correr por horas intermináveis, até a última gota de suor, dar o máximo e o melhor de si.

Isso é automobilismo, essa é a nossa paixão, é isso que nos move, que nos deixa extasiados, uma sensação sem igual, um sentimento inexplicável, é simplesmente mágico.

Nada melhor para explicar essa nossa paixão que o vídeo abaixo.