High 5 – As 5 melhores peruas que não tivemos no Brasil

alfa-romeo-156-sportwagon
Tirem as crianças da sala!

Salvem as peruas! A carroceria que já esteve na moda aparece cada vez menos nas ruas em prol dos SUV’s. As wagons proporcionam melhor estabilidade devido ao centro de gravidade mais baixo, possuem porta-malas maior e de quebra são muito bonitas. Mas apesar de tantas qualidades as stations em nosso mercado, de forma misteriosa, sempre foram segundo plano para as grandes fabricantes.

marea-weekend-tuning-rebaixada
Ao contrário dos outros carros da lista, a Marea Weekend Turbo é exclusividade nossa

Hoje traremos um High 5 apresentando as 5 melhores peruas que não temos no Brasil, mas seus representantes em versão sedã/hatch são vendidos por aqui. E para facilitar a nossa vida não citaremos as versões movidas a Diesel.

Focus Estate

newfordfocus_09-copy
Focus Estate em seu mais recente facelift

O Focus é um carro exemplar em suas duas carrocerias vendidas aqui. Tanto o sedã quanto o hatch apresentam suspensão independente nas quatro rodas (presente desde a primeira geração), motor 2.0 de injeção direta e um espaço interno bastante razoável.

030203for
A primeira geração já possuía uma versão perua, e as linhas de design New Edge ficaram bem harmoniosas

Mas se falta espaço, a opção que faltou no cardápio da Ford é a Focus Estate. Presente desde o nascimento do carro, a perua do Focus é um carro de linhas fluidas e porta-malas de 490 L (ampliável até 1.502 L).

focus-estate-mk2
A segunda geração (repare nos faróis com projetores, aqui disponíveis após 2011 com a saída da versão Ghia e o início da versão Titanium

Está disponível em três motores, um 1.6 TiVCT de 84 cv, um 1.0 Ecoboost de 99 ou 124 cv (todos estes com caixa manual) e o novo 1.5 turbinado de 180 cv.

01fordfocusstecoboost010
A Estate ST, de 247cv e uma pornográfica ponteira dupla de escapamento

Os europeus ainda podem escolher a versão ST, que usa um 2.0 turbo de 247 cv ligado a uma transmissão manual de 6 marchas.

Mondeo Estate

ford-mondeo-2013-03
Lá ainda existe uma curiosa carroceria, a notchback

Mondeo Estate? Pera, calma lá, o Mondeo não é vendido aqui há muito tempo. Como assim? Vamos lá entender essa confusão.

mondeo-sw-mk1
Este é o Mondeo mk1, mas não precisa fechar a página, obrigado

O Mondeo é um sedã grande da Ford que começou a ser vendido aqui em 1995 e teve a importação encerrada na quarta geração (ou terceira, se você considerar que a segunda geração foi apenas um facelift) em 2006, quando foi substituído pelo Fusion.

pecas-para-ford-mondeo-2001-2002-2003-2004-2005-2006-d_nq_np_283001-mlb20266350233_032015-f
O último Mondeo vendido aqui

Na Ford européia o Mondeo seguiu em frente até que, com o plano de globalização da marca, o Mondeo de quinta geração nada mais é do que o carro que é vendido no resto do mundo com o nome de Fusion.

mondeo-fd1_0
É ou não é a cara do Fusion?

O Mondeo Estate é disponibilizado em três motores, todos turbinados: 1.0 de 124 cv (o mesmo do Focus), 1.5 de 158 cv e o 2.0 de 237 cv (motor semelhante ao do nosso Fusion).

fordmondeoestate20152
Você já imaginou um Fusion perua?

Todos os motores vêm conectados a um câmbio manual com o opcional de uma caixa de dupla embreagem, ambos com 6 marchas. O porta-malas é de 525 L, expansível até 1.630 L.

CLA45 AMG Shooting Break

maxresdefault1
Não, a foto não está torta

A Mercedes-Benz acertou em cheio com a nova Classe A. Depois de duas gerações um tanto quanto controversas, a plataforma NGCC (New Global Compact Car) é a base do Classe A, do sedã CLA, do SUV GLA e da shooting break CLA Touring.

ngcc
Os carros que utilizam a plataforma NGCC

A plataforma fez bastante sucesso e é a primeira da Mercedes que usa tração dianteira (ou integral). É nela que temos um brilhante 2.0 turbo de 381 cv, o quatro cilindros mais potente do mundo em um carro fabricado em série. E é dele que falaremos em específico.

mercedes-benz-cla-45-amg-4matic-shooting-brake-2015-2
Dat ass

O mercado nacional recebeu recebeu o A45 AMG, o GLA45 AMG e o CLA45 AMG, mas a Touring ficou de fora, o que é uma grande pena. Não que ela seja tão versátil quanto as outras peruas da lista (o porta-malas tem capacidade de 495 L enquanto que o sedã tem 470 L), mas é um carro de visual estonteante e performance matadora.

M5 Touring

03c4fb70d4a00e840b0d8a552cc30a96
Chris Bangle talvez não tenha sido a melhor escolha

A M5 é um dos esportivos mais cultuados da marca bávara. O grande mérito está na história do carro: todas as gerações conseguem ser icônicas, cada uma tem um diferencial que é lembrado não só pelos fãs da empresa mas para quem curte carro também.

front1-750x500
A primeira M5 Touring era construída à mão

A M5 Touring surgiu na segunda geração, a E34, que foi a última produzida artesanalmente. Depois tivemos a E39 e a E60, sendo apenas a E60 possuindo uma versão perua (chamada de E61). A atual geração (F10) da super perua ainda nos deve uma versão M, mas já existem versões mais amansadas com essa carroceria.

m5_touring_07-750x500
O V10 com um toque de praticidade

A última M5 station tem um motor V10 de 507 cv ligado a um câmbio SMG III de 7 marchas ou a um manual de 6 marchas. O porta-malas é de 500 L, expansível até 1.650 L.

m5-e60-touring
Utilizável em diversas finalidades

De 20.548 unidades apenas 1.025 eram peruas, o que explica a raridade da perua de 10 canecos.

Civic Tourer

fb
O Civic Hatchback, exclusividade dos europeus

O Civic é talvez o carro japonês mais conhecido de todos os tempos (e teremos uma coluna exclusiva para ele em breve). Isto porque ele conseguiu se enraizar na cultura automotiva de praticamente todos os cantos do mundo. Na Europa, até a nona geração, os Civics hatches vendido por lá eram totalmente diferente dos outros Civics (coisa que vai acabar com o Civic 10, que é um carro global). E foi baseada nesta geração do Civic Hatch que surgiu a Tourer, que ficou bastante popular nos últimos anos.

2015-07-22_21-20-09
O carro mais econômico do mundo segundo o Guinness Book

Na variante 1.6 turbodiesel, registrou 35,5km/L em um percurso de aproximadamente 13.000 km em 25 dias passando por 24 países. O carro manteve todas as especificações originais, incluindo  a pressão dos pneus.

big_thumb_846363bf675319d72cbd645fbbdc430d
A COISA MAIS INSANA QUE VOCÊ VAI VER HOJE É UMA PERUA NO BTCC, CARAI!

No outro extremo, a Honda Tourer ainda participou do BTCC (British Touring Car Championship) em 2014 com o 2.0 turbo do Type R gerando 350 cv.

fb1
A Civic Tourer é baseada no hatchback europeu

A perua do Civic está disponível com motor 1.8 litro de 142 cv e possui porta-malas de 624 L, expansível até 1.668 L (a campeã em espaço da nossa lista).

new-honda-civic-tourer-425255b225255d
A Civic Tourer tem o rebatimento dos bancos semelhante ao do FIT

A station ainda traz os bancos com sistema ULT, podendo recolher o assento desse banco junto ao encosto para o transporte de volumes altos no assoalho, semelhante ao que já existe no FIT (mais praticidade que isso impossível).

Gostaram da lista? De qual station wagon você sentiu falta? E qual delas você gostaria que existisse no Brasil?