Melhores músicas para ouvir quando andar lento

Alguns de nós da equipe temos uma teoria de que um carro sem som não é um carro de verdade. É lógico que o ronco do motor é uma das melhores sinfonias para se ouvir enquanto dirige, mas a experiência de ouvir uma trilha sonora de um filme e sentir nele, ou até ouvir uma música que remeta a alguma experiência especial é extasiante. Por isso, hoje, trazemos uma seleção de 20 músicas para você ouvir enquanto você lembra da fome no mundo, do seu chefe chato, da disciplina que você vai ser reprovado, da sua esposa que lhe deu um chifre, dentre outras situações que não vão te animar a correr e sim apenas andar numa boa.

s2000-on-pm-ttac
Playlist “Curta o passeio!”

Lembrando que não estamos incentivando ninguém a andar lentamente. Não fazemos qualquer apologia a engarrafamentos. A lista tem como objetivo o entretenimento e trocar ideias com a comunidade automotiva quanto aos nossos gostos musicais. Então, fiquem com a playlist tranquila dos Amigos GearHeads!

Maycon Tavares

Building the Church – Steve Vai

“Essa não é uma música muito lenta, mas transmite uma paz e um alívio interessante, ainda mais na versão ao vivo do G3 em Tóquio, é um som gostoso, a harmonia de sempre do Steve Vai combinada com uma técnica absurda de tapping transformam essa música em um clássico e um bom som para curtir a viagem andando numa boa.”

Nessun Dorma – Manowar

“Quando se ouve falar de Manowar, logo vem em mente “você conhece Manowar?” músicas de cavalgadas, histórias épicas de batalhas vencidas e honra em combate, mas não em “Nessum Dorna”. Ela é completamente diferente de tudo que você já ouviu de Manowar, a famosa ária do último ato da ópera Turandot criada em 1926 por Giacomo Puccini fica impressionante quando interpretada por Eric Adams, te deixando numa paz de espírito impossível de explicar.”

Breno Ribeiro

Tunnel of Love – Dire Straits

Poucas bandas de rock sabem falar tão bem sobre o amor quanto Dire Straits. O conjunto, que terminou em 1995 sem grande alarde, fazia músicas de uma forma diferente do senso comum. Grande parte disso se deve ao estilo folk do Mark Knopfler e o seu jeito de tocar, sem palhetas. Sem mais delongas, “Tunnel of Love” começa com um sintetizador icônico, que dá lugar ao piano até que a banda entra. O som se completa de maneira única, é impressionante. Mas o clipe é bem sem noção, então se atente para as versões ao vivo.

Personagem – Nominalistas

Nominalistas é uma banda brasileira que ficou conhecida em 2014 através do canal Pipocando. Em seu segundo CD, conhecemos “Personagem” e conseguimos avaliar não só a música como a evolução de um álbum para o outro (que é gritante, e o primeiro já é bom). Não tem como correr ouvindo “E se a vida for mesmo um filme/Eu sou o vilão principal/Porque o mocinho/Nunca morre no final”. E a versão acústica é um show a parte.

Felipe Parnes

Evidências – Chitãozinho e Xororó

“Eu tenho um gosto bem eclético para músicas,  se tocar e me agradar eu escuto qualquer coisa. Sabendo que meus amigos trariam muitos Rocks para a lista eu não pensei duas vezes antes de trazer o Sertanejo. E não tem como correr quando está tocando um clássico nacional como este, quando a música começa o pé sai do acelerador ao mesmo tempo em que sua voz saí da garganta e assim a cantoria começa.”

10% – Maiara & Maraisa

“Como segunda escolha trouxe uma música atual que desperta a mesma sensação da minha primeira escolha. É uma música que perpassa um acontecimento triste, mas isso não retira a vontade de cantar e acompanhar a dupla.”

Douglas Mariano

Quebra Cabeça – Hungria Hip Hop

“Sexta-feira, noite de temperatura agradável, falantes bem regulados, na companhia da namorada/esposa ou até mesmo aquela paquera e sair noite afora ao som dessa musica… não tem nada melhor (a não ser que você tenha teto solar, aí melhora mais ainda). Essa faixa é daquelas que faz você curtir o momento a ponto de perder a pressa para chegar ao seu destino.”

Combina Comigo – RAV, Hungria, Pacificadores

“Essa é pra andar sozinho mesmo, é daquelas que num sábado a tarde, carro limpo e vidros baixos, dá pra andar dentro dos 50 km/h imposto pela lei, sem se estressar se o vovôrola na sua frente não passa da terceira marcha.”

Rodrigo Tavares

Paint it Black – Rolling Stones

“Nada como um clássico para andar devagar, curtir o som, o carro e o passeio. É uma música meio sombria, mas tem uma energia diferente, altamente recomendável.”

Eduardo e Mônica – Legião Urbana

“Calmo, letra bonita, uma história de amor e toda vez que escutamos percebemos algo novo, não há muito o que comentar. Ótima para apreciar lentamente.”

Flávio Marques

Made of Tears – Joe Satriani

“Um dos maiores guitarristas de todos os tempos no mundo do virtuosismo, Joe Satriani é conhecido por ter sido professor de guitarra de gente como Steve Vai e Kirk Hammett do Metallica. No último caso é perceptível que o aluno frequentou as aulas até conhecer o pedal Wah-Wah. Essa música é perfeita para aquela estrada com não muitas curvas, um dia de sol e pouca pressa para se chegar ao destino. Essa versão ao vivo é muito melhor trabalhada que a de estúdio. E com o bônus de ter uma parte do solo feito no dente.”

Time Stand Still – Rush

“Alguns de vocês podem estar se perguntando porque não foi escolhida alguma música do clássico álbum Moving Pictures, do Rush. O foco aqui é andar devagar e não rápido. A menos que o álbum fosse Static Pictures (piadinha do editor). “Time Stand Still” é mais um exemplo clássico de música sensacional com um clipe ruim. Ao contrário das músicas do disco citado acima, a construção musical é bem mais simples que “Limelight”, por exemplo (quem é músico, faça uma contagem dos tempos dessa musica que vocês vão entender). “Time Stand Still” é uma musica relaxante e calma, mas não ao ponto de ser chata e entediante.”

Sidney Mitz

Logic – Break It Down

“Essa é uma musica ótima para andar devagar, tem um som muito suave e consegue se andar bem de boa, admirando o que está em volta do seu carro naquele rolê, enquanto aprecia uns bons graves.”

Feel So Close – Calvin Harris

“A faixa “Feel So Close” fez muito sucesso em 2012 nas pistas de dança, mas não é uma música para correr. Essa também tem uma pegada bem suave que te deixa bem tranquilo na hora que estiver dirigindo.”

Gabriel Tenguan

Riders on the Storm – The Doors

“Música ideal pra road trips, cadenciada num ritmo bacana. Em estradas com várias curvas ou na cidade. Especialmente quando chove, aí o rolê tá feito.”

House of the Rising Sun – The Animals

“Música animada, old school. Nostálgica dos tempos onde boa parte de nós não vivemos mas nos cria uma imersão maior. Traz uma sensação meio anos 60, como se estivéssemos na espreita no aguardo de algo grande para ocorrer. Andando devagar causa um anseio em buscar a velocidade mas ao mesmo tempo conforta em estar devagar (inception?), como se fosse ideal que nada ocorra rápido demais. Instintiva, traz desejos profundos, seja em casa, no trânsito ou na pista. A casa do sol nascente jamais decepciona.”

Bruno Netto

Monstro Invisivel – O Rappa

“Andando devagar são outros sentimentos que nos guiam. Para mim por exemplo são músicas nas quais me fazem pensar na família. Não apenas pela letra da música, mas pelos momentos em que elas se ligam na minha cabeça. Músicas assim me fazem tirar um pouco o pé, ficar pensativo e até acalmam. Este é o caso de “Monstro Invisível”, uma das faixas mais conhecidas do Rappa e que te fazem pensar sobre a vida, o universo e tudo mais.”

Quinta-feira – Charlie Brown Jr.

“Charlie Brown Jr. já apareceu aqui na lista anterior, mas agora eles retornam com uma música para curtir a paisagem do para-brisa do carro, o que prova a versatilidade da banda. “Quinta-feira” em especial tem um toque de reggae que é muito agradável.”

Murilo Zanoni

Flower – Moby

“Saindo da Saga Fast Furious porém continuando na onda dos filmes famosos, a música tema de 60 Segundos me traz uma nostalgia e um “tesão” para rodar com o carro, porém por ser uma melodia lenta me deixa sossegado, típico de jogar o bração pra fora e pilotar com uma mão como se fosse o ponteiro do relógio apontando para o meio-dia.”

Six Days – Mos Def ft. DJ Shadow

“Voltando à saga Fast and Furious, porém agora na versão oriental, “Six Days” também tem uma batida lenta com a diferença que para ouvir nos graves fica legal demais! É outra situação em que dá “tesão” de andar de boa e curtir seu carro, com tranquilidade e aproveitando o momento!”

10
Aumenta o som!

E aí, o que você achou da nossa lista? Para facilitar, selecionamos todas as músicas possíveis e fizemos uma playlist no Spotify. Fiquem a vontade para mandar sugestões!