Genebra 2017 – Peugeot Instinct é híbrido, autônomo e estonteante

Na produção de um texto você procura organizar as ideias para poder escrever algo coerente e coeso, num grande exercício de concentração. Mas é difícil se concentrar ao olhar para o Peugeot Instinct.

1ax7k7196

Se não bastassem as linhas anguladas, seguindo a tendência que a Peugeot iniciou com o novo 3008, o conceito é uma station com portas traseiras suicidas, se tornando um carro ainda mais emocional do que imaginamos.

peugeot-instinctconcept-2702styp008

Mas não só de design se faz um carro. A parceria entre Peugeot e Samsung trouxe um powertrain híbrido de 305 cv. A perua ainda tem conexão direta com a nuvem de dados do seu dono, com total conectividade aos seus dispositivos. Isso significa que o carro saberá o seu gosto musical, por exemplo.

peugeot_instinctconcept_2702styp010_2

O interior é rebuscado, sem volante ou pedais (que na verdade são recolhidos no modo de direção autônoma), e ainda conta com a “Chatbot”, uma espécie de assistente pessoal como a Siri do iOS.

peugeot_instinct_04

Infelizmente, este é um carro que futuramente irá aparecer numa lista de conceitos que nunca ganharam as ruas.