A franquia Need for Speed – Parte 4

Lançado em 1999 para PlayStation e PC, o Need for Speed: High Stakes (conhecido como Road Challenge na Europa) nada mais era do que um kit de aprimoramentos para o jogo anterior. Hoje iremos conferir se essas melhorias foram o suficiente para manter o sucesso de crítica e vendas da franquia.

maxresdefault
O interior da BMW M5 E39, totalmente modelado em 3D, dentro dos limites da tecnologia de 1999

High Stakes inovou por trazer um sistema rudimentar de danos nos carros, algo totalmente pioneiro em jogos de corrida em 3D. O carro perdia performance se batesse no cenário ou em outros carros e você ainda tinha que pagar para poder consertar o seu veículo. E falando nos carros, o interior dos mesmos é bem detalhado (para os padrões da época) e completamente modelado em 3D. Para completar os vidros eram transparentes e, na versão para PC, é possível abaixar a capota do carro jogável caso ele seja conversível. E o modo Showcase, com os carros mais bem modelados do que nos jogos passado, se tornou muito mais interessante.

Fotos do NFS IV para PC

O modo Hot Pursuit, uma das inovações do jogo anterior, permaneceu no quarto game com melhorias na inteligência artificial da polícia. As barreiras estavam mais difíceis de serem transpassadas e, na versão para computadores, helicópteros poderiam ir atrás de você (!) mas é possível despistá-los dentro de um túnel. Apesar disso, era possível jogar com o helicóptero no modo test drive, que é exclusivo da versão para o console da Sony. Um detalhe bastante interessante é que a pintura dos carros da polícia muda de acordo com a região em que o jogador está correndo. No mais, o modo continua igual ao terceiro jogo da franquia.

Fotos do High Stakes para PS1. Vejamos que o HUD parece inalterado em relação ao jogo anterior.

O quarto jogo da franquia também inovou ao trazer modificações estéticas mais extensas. Enquanto os seus antecessores só permitiam a troca da cor do carro, High Stakes tem body kits e rodas aftermarket a disposição do jogador. Mas o grande destaque é o modo que dá nome ao jogo, o “High Stakes”, onde você corria apostando o seu carro. E pouca gente jogava neste modo, porque as premiações do jogo são bem baixas e perder o seu carro seria um tiro no pé. Falando em carros, a lista de veículos jogáveis é a seguinte:

Classe AAA

  • Jaguar XJR-15 (Apenas para PC como conteúdo adicionável)
  • La Niña (Carro bônus apenas para PC)
  • Lister Storm (Apenas para PC como conteúdo adicionável)
  • McLaren F1 GTR
  • Mercedes-Benz CLK GTR
  • Phantom (Carro bônus apenas para PS1)
  • Titan (Carro bônus apenas para PS1)

Classe AA

  • BMW M5 E39
  • Ferrari 360 Modena (Apenas para PC como conteúdo adicionável)
  • Ferrari 550 Maranello
  • Ferrari F50 (Na versão de PS1 é cupê e na de PC é conversível)
  • Lamborghini Diablo SV
  • Mobil Holden Racing Team VT Commodore (Apenas na versão australiana)
  • Nissan Skyline GT-R R34 V-Spec I (Apenas na versão japonesa)
  • Porsche 911 993 Turbo (Apenas para PS1 como carro bônus)

Classe A

  • Aston Martin DB7 (Conteúdo adicionável no PC)
  • BMW M Coupe (Apenas para PC como conteúdo adicionável)
  • BMW M Roadster (Apenas para PC como conteúdo adicionável)
  • Chevrolet Camaro Z28 1998 (Carro bônus na versão para PC. Na versão de PS1 é cupê e na de PC é conversível)
  • Chevrolet Corvette C5 (Carro bônus. Na versão de PS1 é cupê e na de PC é conversível)
  • Ford Falcon XR8 (Apenas para PC na versão australiana)
  • HSV SV99 Series 2 (Apenas para PC na versão australiana)
  • HSV VT GTS (Apenas para PS1 na versão australiana)
  • Jaguar XKR
  • Pontiac Firebird

Classe B

  • BMW Z3
  • Mercedes-Benz SLK 230 Kompressor

Polícia Classe AAA

  • La Niña (Carro bônus apenas para PC)
  • Police Helicopter (Carro bônus apenas para PS1)

Polícia Classe AA

  • BMW M5 E39
  • Lamborghini Diablo SV (Carro bônus)
  • Porsche 911 993 Turbo (Carro bônus na versão para PS1)

Polícia Classe A

  • Chevrolet Camaro (Carro bônus apenas para PC)
  • Chevrolet Corvette C5 (Carro bônus no PS1)
  • HSV VT GTS (Apenas na versão australiana)

Polícia Classe B

  • Chevrolet Caprice (Apenas para PS1)
  • Eagle Talon (Apenas para PC)
  • Ford Crown Victoria (Apenas para PC)
  • Land Rover Discovery (Apenas para PC)
playstation-38674-21327179971
O menu de seleção de carros na versão para PS1

Curiosamente, a lista de carros é menor que a do terceiro Need, mas a EA está perdoada pelo maior esmero na modelagem dos carros (tanto no interior quanto no exterior), o que com certeza aumentou o peso do jogo.

nr34
O menu de seleção de carros na versão para PC

O jogo não tem pistas secretas e inacabadas como o seu antecessor, todas estão bem claras no menu de seleção. São elas:

  • Celtic Ruins – Escócia
  • Dolphin Cove – Inglaterra
  • Durham Road – Inglaterra (Ou Austrália, na versão australiana)
  • Kindiak Park – Canadá
  • Landstrasse – Alemanha
  • Raceway 1 – Itália
  • Raceway 2 – EUA
  • Raceway 3 – Espanha
  • Route Adonf – França
  • Snowy Ridge – EUA

Além dessas pistas, a versão para Windows ainda possui todas as pistas acessíveis normalmente do Hot Pursuit (isso exclui as que precisam de um código de acesso).

162182-need-for-speed-high-stakes-windows-screenshot-on-the-snow
Lamborghini Diablo SV andando na pista “Snowy Ridge”, na versão para PC

A recepção do jogo foi muito boa, com notas melhores na versão para PlayStation. E, novamente, a Revista Oficial do PlayStation disse que o jogo era divertido mas “não poderia competir com R4: Ridge Racer Type 4“. R4 é um bom jogo, tem 321 carros disponíveis, mas nenhum deles é licenciado e, afinal de contas, quem é Ridge Racer hoje em dia?

Gameplay da versão para PSX

Need for Speed IV foi um dos melhores jogos de corrida de sua época, sendo o mais completo de todos no auge do PlayStation 1. Seguindo o caminho do sucesso, a EA resolveu fechar a franquia no primeiro videogame da Sony com chave de ouro, homenageando uma das maiores fabricantes de automóveis de todos os tempos. Mas o dia para falar sobre Porsche Unleashed é outro.