Genebra 2017 – AM-RB 001 tem seu nome definitivo

01-aston-martin-valkyrie-geneva-1

Finalmente foi revelado o nome do hypercar feito em parceira com a Aston Martin e a Red Bull: Valkyrie. O carro, que vai perdendo o status de conceitual, vai ficando cada vez mais crível em relação a sua primeira aparição. As especificações e lista de parceiros envolvidos no carro você já leu aqui, mas não custa nada refrescar sua memória:

A carroceria do supercarro será produzida pela Multimatic, empresa canadense especializada em fibra de carbono e já familiar para a Aston Martin por ajudar no desenvolvimento de projetos como o One-77 e Vulcan, além de atualmente produzir o novo Ford GT. O câmbio será uma caixa de dupla-embreagem com 7 marchas fornecida pela Ricardo, empresa que produz também câmbios de corrida e indicada ao prêmio de “Powertrain inovador do Ano” em 2016 por seu câmbio sequencial transversal, que apresentou ótimo desempenho nas 24 Horas de Le Mans.

8

Embora não possua indução forçada, o ainda sem nome oficial AM-RB 001, terá um sistema híbrido por baterias de baixo peso fornecido pela Rimac, criadora do monstruoso Rimac Concept One, supercarro 100% elétrico de insanos 1088 cv! Como sabemos, potência sem bons freios não é nada, e este sistema fica por conta das empresas AlconSurface Transforms, que juntas fornecerão respectivamente as pinças e discos de carbono, que garantem ao carro um sistema leve e com poder de freio de sobra.

A eletrônica conta com o desenvolvimento por experts da Bosch, encarregados de desenvolver a Unidade de Controle do Motor (ECU), Unidade de Controle da Transmissão (TCU) e o Controle Eletrônico de Estabilidade (ESP). As lanternas de LED ficam no encargo da fabricante inglesa Wipac. É o time de ouro da Aston Martin!

aston-martin-valkyrie-in-geneva

O Valkyrie será limitado às 150 unidades de rua e 25 unidades de pista. Os primeiros exemplares devem chegar no início de 2019.

aston-martin-valkyrie-in-geneva1