Genebra 2017 – Com novo SUV, Land Rover pretende Velar a concorrência

A Land Rover pegou uma receita em casa para apresentar o Velar, o mais novo SUV da gama Range Rover. A plataforma é a mesma do Jaguar F-Pace, com grande presença de alumínio em sua construção, e o carro se posiciona entra o Range Rover Evoque e o Range Rover Sport. Ou seja, a concorrência mirada por este carro é composta por Audi Q7, BMW X5, Mercedes-Benz GLE e Volvo XC90, carros de grande peso no mercado.

land-rover-range-rover-velar-live-geneva

E a receita do F-Pace é repetida no trem de força do carro. Os motores a diesel são os 2.0 turbo da família Ingenium, gerando 180 ou 240 cv, e o 3.0 V6 aspirado de 300 cv. As versões a gasolina contam com o dois litros turbinado de 250 cv, também da família Ingenium, ou o 3.0 V6 Supercharger de 380 cv. Este último motor tira o Velar da imobilidade até os 100 km/h em 5,3 segundos, o bastante para um carro de 1.804 kg. O câmbio é o onipresente ZF de oito marchas em todas as versões e o plano para o futuro é uma versão V8.

range-rover-velar-front

A assinatura visual é digna de um Range Rover, com alguns elementos diferenciados. A traseira segue o design trazido pela nova Discovery enquanto que a dianteira tem faróis de neblina lembram um pouco, curiosamente, o Golf GTI. A linha de cintura é alta, como todo Range Rover deve ter, mas não é tão estreita quanto no Evoque e nem tão larga quanto no Sport. Este carro realmente é um meio termo entre os dois.

2017-land-rover-range-rover-velar-13

Como é o caso de um veículo mais metropolitano, o interior recebeu toques de luxo e tecnologia nunca vistos em outro Land Rover já fabricado. Quase não há botões no console central, que é ocupado por duas telas de 10 polegadas. Uma tela fica ao lado do volante, controlando a multimídia, enquanto que a segunda, logo abaixo, oferece os comandos do carro, como o seletor de tração Terrain Response. Essa combinação foi apresentada pela primeira vez no elétrico I-Pace. As maçanetas são retráteis, há quatro opções de faróis e, herdando mais uma vez do F-Pace, é possível usar uma pulseira que ao encostar num ponto específico da carroceria irá destravar o carro.

range_rover_velar_11

O SUV parte de 45 mil euros (o que daria uns 170 mil reais em conversão direta) e chega em diversos mercados, incluindo o Brasil, ainda este ano. Por sinal, o carro já está disponível no configurador da Land Rover.