High 5 – Os 5 melhores lançamentos da Porsche (ou não) para o Salão de Genebra 2017

A Porsche é a fabricante de esportivos que mais anunciou novidades no Salão de Genebra de 2017. E quando não foram carros da própria Porsche que brilharam, exemplares que tem como base os seus carros chamaram a atenção de todos. No High 5 de hoje iremos conferir as novidades mais interessantes da fabricante de Stuttgart, da RUF e da Gemballa deste ano até agora.

911 991.2 GT3

O GT3 é uma das versões aspiradas mais extremas que um civil pode ter num 911. Acima dela, só o GT3 RS que inclui alívio de peso e até gaiola em alguns casos. Mas grande surpresa para este geração é a presença do câmbio manual, algo que deveria ser trivial num 911.

2018-porsche-911-gt3-2017-geneva-motor-show-6
O body kit do GT3 consegue ser ainda mais incrível que o do GT3 RS

O 911, que está em sua geração 991.2, recebeu um motor de 4 litros que gera 506 cv e 46,7 kgfm. O câmbio manual possui 6 marchas enquanto o PDK de dupla embreagem, que é opcional, possui 7 marchas. Por pesar 1.430 kg, o carro equipado com a transmissão PDK de dupla embreagem cumpre o 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e tem velocidade final de 317 km/h. Já o modelo manual, que é 17 kg mais leve, bate os números do automatizado por 0,1 s a menos e 1 km/h a mais. O corte de giro se dá aos insanos 9.000 rpm.

2018-porsche-911-gt3_827x510_41488893831
Ignore o PDK ali presente

Custando US$ 143.600, o 911 GT3 ainda dispõe de um chassi com novo ajuste, eixo traseiro esterçante, aerofólio em fibra de carbono e novos difusores. No interior, o volante vem do 918 Spyder e os bancos possuem 18 ajustes elétricos.

Panamera Turbo S e-Hybrid

Pela primeira vez na história o modelo mais potente de um Porsche é híbrido. O Panamera Turbo S, que já é insano com seu V8 de 550 cv e 77,8 kgfm, ganhou um motor elétrico de 136 cv. O resultado? 680 cv e 86,6 kgfm, disponíveis desde as 1.400 rpm. Graças ao update o tempo do 0 a 100 km/h baixou de 3,8 para 3,4 segundos.

panamera-turbo-s-e-hybrid-103-626x383
680 cv. Sem mais.

O famoso Sport Chrono Package, que adiciona controle de largada e um cronógrafo ao carro, é item de série na versão mais cara do Panamera. Os freios são de cerâmica e há sistema de vetorização de torque. Tudo isso consumindo cerca de 34 km/L, segundo a Porsche. Com a bateria de 14,1 kWh ainda é possível usar um modo 100% elétrico com autonomia de até 50 km. O sistema se recarrega com a energia das frenagens ou pela tomada, levando 6 horas para ter a carga completada.

porsche-sehybrid-panamera-5
A segunda geração do Panamera eliminou a maioria dos botões do console central

Com rodas de 21 polegadas, o Panamera ainda está disponível na versão Executive, que possui o chassi alongado em 15 cm. Para os potenciais compradores, o modelo já está no site da Porsche do Brasil ainda sem preço.

Panamera Sport Turismo

O que poderia ser melhor que uma Panamera de 680 cv? Uma Panamera perua, é claro! Apesar das dimensões semelhantes, a Sport Turismo está 1 cm mais alta e possui uma coluna C muito mais larga. O porta-malas também é pouca coisa maior, 520 litros contra 495 da Panamera convencional, mas chega aos 1.390 litros com os bancos rebatidos.

porsche-panamera-sport-turismo-live-geneva
Também disponível com motor a diesel

Os motores são os mesmos da versão sedã (ou seria cupê?), o V6 3 litros de 330 cv, o V6 2.9 combinado a um motor elétrico (gerando 462 cv no total), o V6 2.9 biturbo de 440 cv e o V8 4.0 de 550 cv e 77,8 kgfm. Ainda há um V8 a diesel de 422 cv. Infelizmente não há uma versão e-Hybrid com o motor V8, como na Panamera convencional.

porshce-sport-turismo-3
A Sport Turismo é a melhor definição de Shooting Break já existente

O modelo parte de 97.557 euros na versão Panamera 4 Sport Turismo e chega aos 158.604 euros na Panamera Turbo Sport Turismo. As entregas têm início no dia 7 de outubro, na Europa.

Gemballa Avalanche

A Gemballa é uma das preparadoras especializadas em Porsche mais tradicionais do planeta. Um de seus modelos mais conhecidos é o Avalanche, que é sempre baseado no 911 Turbo. Com uma nova geração, um novo Avalanche surge e foi o que nos mostraram no Salão de Genebra deste ano.

2017-gemballa-avalanche
Olha o tamanho deste aerofólio. Chega a ser pornográfico.

O carro é baseado no 911 Turbo atual, com modificações para render mais do que esperávamos. Estamos falando de 820 cv e 96,9 kgfm. A extravagância, comum à Gemballa, segue nas rodas douradas de 21 polegadas, no nada discreto aerofólio, no escapamento de quatro saídas e no interior, que possui a inscrição “avalanche” no painel (todo forrado em alcântara) retroiluminada por LED. Os pneus são 255/30 na dianteira e absurdos 325/25 na traseira.

Avalanche
Nada extravagante eu diria

Ficou interessado? Pois se segure para ler o preço: 389.600 euros. É o preço a se pagar por um 911 roxo com a preparação mais insana do mercado.

RUF CTR 2017

A preparadora RUF, que deixou de ser apenas uma preparadora há um bom tempo, saiu da casinha e fez uma releitura impressionante do 911 clássico. Mas dessa vez eles foram além: o chassi feito inteiramente de fibra de carbono abandonou, pela primeira vez, uma plataforma da Porsche em prol de uma própria.

ruf_ctr_2017_01
Será um 911?

O CTR 2017 é uma homenagem ao CTR de 1987. O Yellowbird tinha como base o Porsche 930, o primeiro 911 Turbo, só que com aquela dose e agressividade que só a RUF possui. A turbina original dava lugar a dois turbocompressores a potência era de 469 cv. Em 1987. 30 anos depois, a plataforma do 930 deu lugar a materiais mais modernos, como a fibra de carbono e o aço de altíssima resistência. Com toda a tecnologia do século XXI, o peso do novo CTR é de apenas 1.197 kg. O motor flat-six de 3,6 litros biturbo está conectado a uma caixa de 6 marchas que é, obviamente, manual. E se já não bastasse toda a bestialidade que um carro de 710 cv e 89,74 kgfm pode proporcionar com tração traseira, a única ajuda eletrônica disponível é o ABS. GEARHEAD AO EXTREMO.

2017-ruf-ctr-interior-2-n5m61b2p0nxu06fzpmmhcucbvckdzttc5n1vuu3zki
O interior contêm o básico para a condução. Detalhe para a padronagem em xadrez amarelo.

Aos futuros 30 donos desta máquina de matar, digo que a velocidade máxima é de 360 km/h e o 0 a 100km/h é cumprido em apenas 3,5 segundos. Mas não se engane com estes números que podem parecer menores que de carros ainda mais extremos, pois o RUF é com certeza mais sensorial do que eles.

gims17_poster_eng_1200
Geneva ainda não acabou!

A seleção de hoje termina por aqui. Gostaram de um High 5 composto apenas por Porsches? O que acharam dos modelos lançados? Ainda teremos novidades do Salão de Genebra, que acaba no dia 19 deste mês. Fiquem ligados!