Um carro para toda vida

Recentemente estava conversando com amigos, dando aquela “viajada” de quem curte de carros, e surgiu a seguinte pergunta: “Se pudesse ter um carro só, o mesmo carro para o resto da vida e não pode vender. Com seguro, manutenção, gasolina de graça para sempre. Qual carro teria?”

Com a palavra, nossos humildes escritores:

Maycon Tavares

“Não, não é fácil dizer assim, de uma hora para outra, qual carro eu queria passar o resto da vida, mesmo tendo tudo pago. Há tantas opções, tantos carros, em um primeiro momento pensei num Fusion V6 3.0 AWD, aí vocês vão me dizer “pô, com tanto carro no mundo, você escolhe um simples Fusion?”, sim, eu escolheria um Fusion sem problemas, pois neste momento eu não pensei apenas em desempenho e esportividade, pensei também no quesito conforto e beleza.

ford-fusion-v6-30-top-de-linha-243-cavalos-de-potencia-d_nq_np_557621-mlb20842611042_072016-f

Acho o Fusion 2012 sensacional, com um desenho extremamente limpo e um design muito bem fluído. Além de tudo são 243 cv e 30,8 kgfm de torque, não é pouca coisa, dá para brincar de vez em quando.

ff1
Escolha do Maycon: Ferrari FF.

Resolvi pensar mais um pouco, passei por algumas peruas como o Mondeo Estate, CLA45 AMG Shooting Break e até mesmo um Marea Weekend 2.0 Turbo (louco por bombas? Imagina), até que cheguei na Ferrari FF. A FF divide opiniões, alguns acham ela maravilhosa, outros horrível, eu estou na primeira turma, a considero uma bela Gran Tourer com um V12 de 660 cv e 69.6 kgfm de torque e com tração nas quatro rodas. É, sem dúvidas, um belo carro e eu não teria problema algum em ficar com ela para o resto da vida.”

Breno Ribeiro

“Quem diabos inventou essa lista? É difícil escolher um carro só! Ou talvez seja pretensão demais da minha parte? Seguindo minha linha de raciocínio, já que é pra escolher um teremos que pôr algumas coisas em pauta.  O carro pra vida toda acompanharia o meu envelhecer, o meu casamento, a chegada do meu futuro filho (ou filha) e seria passado para ele (não necessariamente nesta ordem). Para isso ele precisa ser confiável. Ele precisa acompanhar meu dia-a-dia, o trânsito, as idas ao supermercado, as baladas e os encontros de posto. Para isso ele precisa ser prático. E, acima de tudo, quando eu quisesse acelerar ele teria que responder com desenvoltura, sem necessariamente brigar com a minha direção o tempo todo. Para isso ele precisa ser afiado.

portamalastoyotasienna2

Acredito que o Porsche 911 da geração 991.2 seja este carro. Não precisa ser um colecionável como o 911R, uma versão ultra radical como o GT3 RS, ou até mesmo um carro que quer te matar a cada esquina como o GT2. Um Carrera está de bom tamanho. Tração traseira, apenas. Câmbio manual. 370 cv a 6.500 rpm e 45,9 kgfm a 1.700 rpm. Corte aos 7.500 rpm. Dinâmica exemplar para um carro de motor traseiro. É mais do que suficiente.

porsche-911-turbo-image

O motor flat-six de 3,0 litros é de fácil manutenção (para um esportivo). A injeção direta e os dois turbos contribuem para a eficiência do conjunto, resultando num consumo de até 11 km/L (lembrando que o tanque comporta 64 L). E ainda tem um recurso muito interessante: é possível baixar o motor quando o serviço for mais pesado. Há quem se vanglorie de nunca ter baixado o motor de seu Fusca mas, na minha visão, isso não passa de mais um “colecionismo barato”. Se o recurso está lá é porque ele deve ser usado, então aproveite a sua disponibilidade. Tudo isso num carro de 4,5 m de comprimento.

911 1
Escolha do Breno: Porsche 911 991.2 Carrera.

Central multimídia com espelhamento de tela do celular, som hi-fi de mais de 800 watts RMS, ar-condicionado, espaço suficiente para duas pessoas e um porta-malas de 405 litros. É mais do que em muito popular! Eu até configurei um modelo aqui: 911 Carrera na cor Miami Blue com rodas de 20 polegadas. “Ah, mas e quando seu filho ficar grande?” Minha esposa que compre outro carro, porque com este 911 eu estaria feito até o fim de meus dias!”

Rodrigo Tavares

Juro que fiquei pensando por um bom tempo, pensei em um esportivo puro, dos anos 70 ou 80, leve, com potência suficiente, suspensão racing, algo como uma Alfa GTA, uma M3 E30 ou um AE86. Mas acho que a dureza da suspensão e o barulho me cansariam. Fora que esses carros são normalmente pequenos, dificultando o uso como carro de família (sim, um dia todos teremos uma).

maxresdefault2

Passei para algo maior então, alto, que vai a qualquer lugar, como um Hummer ou uma G63 AMG, mas vi que não iria gostar do carro alto que não pode abusar muito nas curvas.

7167404738_28f3f0f61f_b
Escolha do Rodrigo: Audi RS6 C6 V10 Azul Nogaro.

Ou seja, não pode ser alto, nem lento, nem pequeno e tem que ser prazeroso em dirigir. Cheguei a 2 carros: BMW M5 E60 V10 ou Audi RS6 C6 V10. Ambos têm motores que soam como um grito de guerra viking, têm espaço e são divertidos, a disputa fica entre o sedan ou a perua. Então escolhi a Audi, tração AWD (mais seguro), muito espaço e, sinceramente, mais bonito. E quero a minha em “Azul Nogaro”, por favor.

Felipe Parnes

“Quando o tema foi colocado em discussão centenas de ideias passaram por minha cabeça. Sem custos com manutenção, seguro e combustível, as possibilidades de escolha se tornam praticamente infinitas, sendo limitada por um único fator, ser seu único carro para vida toda. Neste momento minhas opções como um Bentley Continental GT ou um Dodge Charger 69, laranja como o General Lee e seu poderoso V8 HEMI 426, foram para o espaço, justamente pela falta de espaço para se carregar uma família.

hrdp-1111-bandit-general-lee-smokey-vs-the-dukes-specials-005

Logo pensei nos mesmos do carros citados pelo Rodrigo, BMW M5 V10 e Audi RS6 V10. Escolhi a BMW por gostar mais da marca, pois a duvida entre os carros é grande.

bmw-m5-e60-korncars-3
Escolha do Parnes: BMW M5 E60.

A BMW M5 V10 de geração E60 utiliza o motor S85 de exatamente cinco litros e 40 válvulas, capaz de entregar 507 cv a 7.750 rpm e 52,9 kgfm de torque a 6.100 rpm, cumprindo o 0 a 100 km/h na casa dos 4 segundos, com um dos sons mais lindos que um automóvel pode ter. E com tecnologia de Fórmula 1!

4429cf7ae9049f5cbd7e4ffe18f9cb5e

Tudo isso em um carro com espaço, luxo e conforto para a família, e com muita diversão para o motorista. Com uma máquina dessas eu nunca mais viajaria de outro jeito que não fosse dirigindo.”

Gabriel Tenguan

“Pensar num carro ideal é difícil, os ares da juventude e os questionamentos de se um Skyline GT-R R32 preparado com 1200 whp de Daily Driver como primeiro carro é uma boa ideia se a manutenção é cara, dá muito problema, é beberrão sempre se mostram presentes. Quando olho além, pensando numa vida, é difícil encontrar um carro que seja viável no ponto de vista funcional, emocional e, especialmente, financeiro.

sp-engineering-1000-hp-nissan-skyline-r34-not-ready-yet

Uma escolha longínqua geralmente se daria por um carro grande, espaçoso, econômico, de manutenção barata e acessível. A clássica fórmula do Daily Driver. Mas com um pouco de reflexão, e por acreditar na estabilização e crescimento da economia nacional no futuro, a gama de valores se torna mais abrangente. O aumento na eficiência energética já torna carros fortes tão econômicos quão carros populares. O consumo de um Koenigsegg Agera R na estrada é de 8km/L já convertendo de L/100km. O novo Captur da Renault – lembrando que ambos são flex – faz o mesmo rodando no etanol. É claro que se você tem um carro artesanal oriundo da Suécia, com 1140 cavalos providos de um V8 5.0 bi-turbo, combustível não é problema, mas convenhamos que o consumo é um fator super importante na hora da escolha, porém muitas vezes fazemos vista grossa. Quem já rodou com um Astra 2.0 no álcool que o diga. Isso sem nem citar a luz de injeção.

bmw_m3_e90_e91_e92_e93_sedan4d-1674
Escolha do Tenguan: BMW M3 Sedã

Sem mais enrolações, e acreditem, muita coisa já foi deletada desses dois parágrafos anteriores, minha escolha para a vida seria uma M3. O ano variaria muito do budget para comprar o carro, mas um sedã premium com um seis em linha ou um V8, tração traseira, câmbio manual, espaço interno e porta-malas grande é o ideal. Uma mistura entre conforto e dinâmica. Seja levando filhos para a escola ou num rolê de final de semana, o que não faltaria é prazer ao guiar o carro.”

Bruno “Irish” Netto

“A pergunta mais difícil feita para um GearHead numa conversa de boteco. Não existe dúvida maior do que qual seria o carro perfeito para a vida toda, e tem mais: o único para sempre! Vários carros passam pela cabeça, vários depois parecem não serem mais o ideal, de repente você se vê pensando apenas em hypercars, mas seria essa a escolha sensata?

2014-mercedes-benz-e63-amg-s-model-4matic-wagon-front-three-quarters-02

Pensando e repensando, os que mais fazem sentido são os do trio germânico de peruas, por obséquio. Ficaram no top 3 alemão as seguintes:

  • Mercedes-AMG E63 S Wagon, com 600 e mais alguns pôneis da felicidade, alta tecnologia, espaço de sobra e conforto para aquela viagem longa em família. Sem falar na tremenda força bruta transmitida para os quatro cantos por um V8 twin-turbo. Nada mal não é?
  • BMW 535d Touring.. “DIESEL?!” Sim, diesel! Não existe Touring tão potente quanto a E63, então entre o máximo movido a gasolina ou o máximo movido a diesel, por quê não? Cavalaria superior à 535i e gastando menos? HELL YEAH! Em relação a tecnologia, não fica para trás de nenhuma das três aqui.
  • E por fim, a RS6 que já foi citada pelo Rodrigo e dispensa comentários. Um dos carros mais f*dást*cos que já escutei na vida.
alfa09
Escolha do Irish: Alfa Romeo Giulia Quadrifoglio Verde

E a escolha? Bom, a escolha nunca é sempre racional, nossa escolha vem de uma paixão além de números de desempenho e por isso minha escolha seria uma Alfa Romeo Giulia QV. Mesmo com todas peculiaridades que uma Alfa possa ter, continua sendo uma macchina lindíssima e de muito caráter. Espaçosa, confortável e um monstro quando necessário.”

“Doug” Mariano

“Poxa… Faz uma pergunta mais fácil, tipo, “quais serão os próximos números da Mega Sena” porque essa vai ser muito difícil, mas vamos lá. De primeira já pensei logo na linha Opel/Vauxhall, na qual cheguei no Omega australiano 3.6 V6, por ser um carro que te atende para todas as ocasiões e aos meus gostos (o que é primordial pra mim ao escolher um carro). Depois pensei melhor e escolhi o Camaro SS V8 6.2, por ser um dos carros que mais gosto, porém, como não há limites financeiros na pergunta, apenas o conceito de que ele será para toda vida, vamos à escolha…

2016_chevrolet_camaro_ss_01-1024x683

Eu pensei, pensei, parei pra não superaquecer o sistema nervoso, rodei o mundo imaginando possibilidades e parei na Itália, chegando à conclusão de que o meu carro ideal seria o Lamborghini Huracán, não adiantou, o coração bateu mais forte quando lembrei do ronco do V10 5.2 que gera 610 cv e 57 kgfm de torque e de tração inteligente, não teve como escolher outra, esportividade, design, luxo.

autoweb-2016-april-first-drive-2016-lamborghini-huracan-006
Escolha do Doug: Lamborghini Huracán

Não to nem ai se não vou ter porta-malas ou se vou viajar e não poder levar o parente bacana (que pena hein), mas é isso ai, tá feita a escolha. Carro pra mim acima de necessidade é uma alegria, então se é para ser feliz para sempre, que seja do lado de uma Huracán.”

Flávio Marques

“Acreditando que eu seja a única pessoa com o mínimo de senso desse blog, escolho o Golf Mk7 GTI 4 portas. Esse carro simplesmente supre todas as necessidades que qualquer ser humano pode ter, além de não trazer nenhum fator negativo.

volkswagen-golf-all-generations

É um carro MUITO rápido com seus mais de 200 cv. Sua dinâmica é extremamente afiada, basta ver qualquer comparativo de internet. Tem um câmbio de dupla embreagem que traz conforto e esportividade ao mesmo tempo, só mudando o modo de condução do carro. É um carro prático, pequeno perto dos outros citados pelos meus confrades, e tem um porta-malas generoso.

56b4bd810e21630a3e118d01vw-golf-gti-5
Escolha do Flávio: Golf GTI Mk7 4 portas

Então basicamente eu, um fã descarado de PSA, Subaru e Porsche, escolhi um carro que não tem nada a ver com as minhas paixões, só para vocês verem o quão bom ele é. VW me patrocina

auto-rovesciata-in-corsa
Flávio nos deixou de cabeça para baixo

E então? Qual é a sua escolha de carro para a vida toda?