Futuro macabro do Diesel

Bom dia galera aficionada! Vamos falar sobre assunto polêmico; mamilos! Veículos diesel e a legislação européia!

Estamos passando por um momento no qual é legal ser contra o diesel. Após o famoso dieselgate, no qual fez o grupo VW voltar a fazer apenas AP cortar drasticamente custos de todas as suas divisões, parece que o mundo quer acabar com carros movidos a diesel PARA ONTEM!

volkswagen-tdi-clean-diesel-626x382
E é tudo culpa sua, dona VW

Após tantos problemas envolvendo os TDI, a Volkswagen planeja lançar até 30 modelos 100% de pilha elétricos (testados desde os anos 70) e se posicionarem como líderes em eco-transporte, ou como quiserem se chamar em até 10 anos, pois as figuras indicam que as vendas continuam água abaixo em relação à concorrência, até hoje.

Matthias Mueller citou que grandes investimentos deverão ser feitos para passarem essa fase do escândalo. Ele acredita que. por volta de 2025, carros 100% elétricos serão 20~25% da venda anual no mercado alemão.

Querendo ou não estaremos em um mundo sem veículos diesel, num piscar de olhos, num ponto de vista industrial. Estaremos sem diesel e também sem seus benefícios. Mesmo no Brasil, que não tivemos a oportunidade de experimentar, por pouco não abriram as portas para os coal burners. Se estava difícil antes, pense agora.

11204871_10153521226363685_6713368086707576923_n
A fumaça é branca, foi o efeito de imagem que mudou sua cor (cof! cof!)

A indústria está em modo de urgência, a legislação está mudando rapidamente. A própria Audi cancelou o seu programa da Le Mans à diesel. E por quê? Para focar no futuro que nós tanto tememos: desenvolvimento para a Fórmula E.

audi-r18-technikcheck-le-mans-2016-articledetail-22220248-956022
Adeus lindeza

Na Europa, grande parte dos carros vendidos hoje em dia são diesel, consequentemente o mercado de usados são na maioria… DIESEL (você não esperava por essa, não?)! E o problema é que ninguém está pensando em todas as pessoas que compraram esses carros e irão perder grande parte do dinheiro investido, pois ninguém mais vai querer comprar um carro em que não poderá mais usar.

Na terra da velhota Inglaterra, as pessoas que possuem um carro movido a diesel com mais de 10 anos, poderão entrar em um esquema de trocar o carro por um incentivo de até 8.500 libras. E o plano é de, até 2030, liquidar todos os veículos diesels DO MUNDO da ilha.

A verdade é que a população aprendeu e foi induzida a comprar carros diesel por mais de uma década e meia, por haver um consumo extremamente baixo perto dos carros movidos a dinossauro gasolina e a menor taxa por “poluir menos”. Agora, para aprendermos que, na verdade, o dióxido de carbono produzido por motores diesel, é o verdadeiro capeta da nossa terra e que deverá ser eliminado rapidamente não será fácil.

Um outro fato é que milhares de pessoas estarão sem carro e com pouco dinheiro de retorno pelo esquema. Porém, ao fazer isso, teremos um trânsito melhor e um investimento pesado em meios de transporte público para a população continuar tendo como se mover pelas cidades.

No gráfico abaixo, podemos ver como está o desenvolvimento e suporte a diferentes meios de reduzir a poluição no ar que respiramos:

c8jjj-axgaa0yba

Podemos ver que; O que mais recebe suporte seria o transporte público. O que não seria nada mal. Imaginem poder trabalhar com transporte público de qualidade com preço acessível e apenas curtir nossas lasanhas de final de semana, naquela paz. Porém logo em seguida, com mais suporte, vem o “regulamentos mais difíceis para novos motores ciclo diesel”, no qual é totalmente apoiado e tem pouquíssimas pessoas contra tal meio.

Veredicto: O parlamento europeu tem grande responsabilidade sobre tudo que está acontecendo e, por não pensarem no futuro, querem uma solução que ainda não podemos ter. Temos uma tecnologia ainda em desenvolvimento para carros elétricos e não adianta eles empurrarem coisas que ainda não estão terminadas para os consumidores. Apesar de a tecnologia continuar a evoluir rapidamente por conta do Dieselgate, algumas etapas do processo de evolução da tecnologia estão sendo deixadas para trás, para usufruirmos rapidamente desse meio de transporte.

Nós não queremos carros que 1) Não irão nos levar aonde queremos; 2) Não irão ser fáceis de usar em caso de emergência, pois você até pode se organizar para carregar para o trabalho, porém se algo acontecer e você urgentemente precisar usar o carro? Ninguém quer esperar uma hora para carregar a bateria; 3) Em pequenas cidades, não conseguimos encontrar pontos de recarga e ficamos presos em um raio pequeno de distância para viajar.

range-anxiety
Leia-se: Tome café por uma hora do lado de uma tomada

As fabricantes e o governo querem cidades sem carros movidos a diesel, até 2025, mas não sabemos quão prático será esse futuro no qual eles estão nos programando e nos empurrando. Seremos cada vez mais obrigados a comprar elétricos e, provavelmente, os ciclo otto serão os próximos a sofrerem o machado da morte. Qual será o fim da nossa paixão por barulho e fumaça?