Carros da Galera – Conheçam o Peugeot 206 de Raphael Santos

Falaí galera GearHead, hoje estamos postando mais um projeto do Carros da Galera! Além de nos aproximarmos de vocês, isso fará com que todos possam conhecer outros carros, ver diversos pontos de vista em cima do mesmo carro, despertar aquela paixão escondida meio renegada e até mesmo tirar aquela dúvida final, aquele detalhe que faltava para te animar na compra do veículo!

Lembramos que não queremos apenas os projetos mais absurdos, qualquer um pode participar, o foco aqui é na sua história com seu carro ou outros carros, queremos conhecer nossos leitores também! Hoje traremos para vocês a história de um carro muito másculo, aquele carro que você troca as bieletas a cada 5 mil km e que tem uma ótima suspensão. Com vocês o 206 do Raphael Santos.

Diga seu nome, idade, onde mora… aquela apresentação básica para a galera te conhecer!

Raphael Santos, 26 anos, morador de Santos, mecânico e piloto de testes há quase 10 anos (5 de mecânico e 4 como piloto).

Qual carro você tem?

Tenho um Peugeot 206 Quiksilver.

whatsapp-image-2017-05-06-at-18-37-101.jpeg

Ele tem algum apelido?

Tem nome de mulher, Silvinha.

Como você acredita que nasceu esta paixão por carros?

Segundo minha mãe a primeira palavra que eu falei foi “caaa” apontando um carro na rua da minha avó, mas creio ter sido coincidência. A minha primeira lembrança é passar as tardes com meu pai mexendo numa Variant 1972 que ele tinha.

Porque escolheu este carro?

Na verdade ele me escolheu, eu queria um Gol 1.6 AP.

Como você acredita que nasceu este amor/paixão/admiração por este carro em especifico?

Eu já tinha trabalhado com a linha PSA Peugeot-Citroen então sabia que os carros, mesmo tendo uma manutenção detalhada, são bons, quando um amigo que inclusive já teve o carro dele aqui também me falou do carro fui ver só por curiosidade, e assim como no [filme] Transformers não foi o motorista quem escolheu o carro e sim o carro que escolheu o motorista, no dia que eu vi o carro eu já quis ele e abandonei todas as negociações que estavam em andamento.

Quais carros já teve antes do atual?

Tive alguns de rolimã, serve?

O carro tem alguma alteração de motor e/ou estética!?

Motor é basicamente original, só tem ponto adiantado, filtro cônico e escape direto (ainda a ser melhorado).

Tem alguma pretensão de preparação de motor ou pretende deixar original!?

As maldades pro motor ainda tem dúvidas se vai pro lado aspirado ou turbo da força, ambos ficariam bons, por hora tenho vontade de montar aspirado… Já viu os 206 da Copa Peugeot acelerando? Roncam lindo demais! A funilaria foi feita restauração completa recentemente, prioridades agora são sistema de freios e uma manutenção geral de fluidos.

Quais você considera os pontos fortes e fracos do carro?

Os pontos fortes são que o carro anda bem é econômico (que louco falar de economia aqui né? Kkkk) e oferece bastante mimos, que carros até hoje não tem, com um preço acessível.

Ponto fraco são a fama que se criou em cima dos franceses, a falta de mecânicos especialistas com qualidade (no meu caso eu mesmo acabo fazendo) e dificuldade em encontrar algumas peças, apesar que atualmente até está fácil de achar a maioria delas, pelo menos pro 206.

Como é o uso no dia-a-dia!? (Conforto, consumo, manutenção, desempenho, etc)

Não uso o carro a trabalho, uso como lazer mas é bem forte pra um motor 1.6, espertinho tanto de saída quanto de final, tem boa média de consumo de 10~12km/l em cidade e uns 14~16km/l em estrada se não chumbar pé, se bem cuidado é um carro bem confiável.

Como são seus gastos com o carro?

Gasto pouco com ele. Em quase 3 anos com o carro só tive problema com um radiador que entupiu e fazia o carro aquecer e as bandejas de suspensão que quando comprei estavam estouradas, mas de resto manutenção comum (pastilhas, discos, óleo, fluidos e filtros, nada mais).

Qual foi a viagem mais longa que já fez com ele?

No primeiro ano dele eu viajei muito, fazia bate e volta pro interior todo final de semana, fora que morando em Santos quase todo evento grande é em Sampa ou no interior então temos que viajar, acho que o mais longe que já fui foi pra Itu, porém tenho registro de antigos donos que o carro já foi a Fortaleza-CE e Aracaju-SE, mas como não foi comigo acho que não conta…

Ele já te deixou na mão? (Quebrar em algum lugar longe de casa/voltar de guincho para casa) O que aconteceu?

Nunca tive problema com o carro, bater a chave, vai e volta de onde quiser pra onde quiser.

Qual a melhor história que já teve com este carro!?

Acho que a melhor história dela (afinal, tem o nome de Silvinha) é a dela mesmo, cada dia que tiro de casa pra um rolê é uma história escrita, mas uma bacana foi o dia que começou a falhar a caminho de um rolê que íamos em Suzano e eu sentei na frente do carro e perguntei o que ela tinha, como se tivesse respondido fui olhar a bobina e o conector estava com mal contato, resolvi usando uma lixa de unha e limpa contato, tá até hoje lá kkkk.

E a pior?

A pior história foi um mal que veio pra bem quando eu lambi a lateral de fora a fora dela num ônibus e acabou virando a restauração completa…

Pensa em algum dia trocar/vender este carro!?

Vender? Ta de sacanagem né? Não vendo, só se for algum dos meus carros dos sonhos mas o projeto é ir atrás deles sem vender ela.

E por hoje foi só pessoal! Essa foi a história do Raphael e seu 206. E se você quer participar do Carros da Galera é só mandar um e-mail para amigosgearheads@gmail.com. Lembrando que o carro da semana sempre será a capa do nosso Facebook. Esperamos que todos tenham gostado e semana que vem tem mais! Para ler sobre outros carros que participaram aqui do carros da galera, clique aqui.

Todas as informações aqui veiculadas são de total responsabilidade do autor das respostas e as mesmas não necessariamente vão representar a opinião do Amigos GearHeads.