WEC 6 Horas do México

Hola, que tal? Estou de volta para dar um resuminho da etapa do México do World Endurance Championship. Tem Toyota tomando volta, brasileiro no pódio e Ferrari tomando punição (grande novidade).

Um prova bem chata na LMP1, os dois carros da Porsche dominando os treinos fizeram os Toyota parecerem carros de uma categoria inferior, tomando uma volta dos dois líderes nas 6 horas de prova. Mas as outras categorias foram as meninas dos olhos. Na LMP2, tivemos o trio da Valliante Rebellion com Bruno Senna, Nicolas Prost e Julien Canal (famoso Juju, MESMO) fazendo uma prova impecável, liderando 90% da corrida com mais de 30 segundos de vantagem pro segundo colocado, levando o caneco pra casa. No resto da categoria tivemos batidas, ultrapassagens indevidas, ultrapassagens legais e uma corrida emocionante. O segundo lugar ficou com o Signatech Alpine e em terceiro a equipe CEFC Manor, que tiveram uma briga ferrenha na última meia hora. O outro carro da Rebellion com o Nelsinho Piquet ficou em quinto depois de um perturbada prova.

Na GTE-PRO quem chegou na frente foi a Ferrari da AF Corse, mas quem ganhou mesmo foi a dupla parada dura Nicki Thiim e Marco Sørensen da Aston Martin Racing. O motivo? A Ferrari não ter cumprido uma punição de drive through por ter andado rápido demais em bandeira amarela e teve 10 segundos acrescentados ao final da corrida. A Porsche terminou com a terceira colocação, não aparecendo muito durante a corrida. A Ford foi um desastre total com o #66 que bateu na outra Ferrari da AF Corse e tomou duas punições seguidas, uma por bater propositalmente e  voltar com perigo pra pista, e a outra por atravessar a linha para entrada dos pits dando uma fechada na Ferrari. Tem braço ruim até no México, galera. E o segundo Aston de Daniel Serra não correu devido a problemas nos freios.

A GTE-AM viu a equipe do galã Patrick Dempsey (Dempsey Proton Racing) vencer nos finalmentes depois da Aston Martin ter também dominado quase a prova inteira, que chegou em segundo. No terceiro lugar temos o Porsche RSR da Gulf UK Team fechando a grelha de chegada das categorias.

Basta saber como a FIA irá fazer com a saída da Porsche do WEC e essa decadência dos LMP1. O querido amigo que vos escreve defende a entrada dos LMP3 e a LMP2 no lugar da LMP1. A atratividade da P2 é enorme e garante que equipes que correm no IMSA Weathertech entrem também no WEC. Vamos esperar…

A próxima prova será realizada em Austin no Texas no dia 14 de setembro, via stream PAGO no site do WEC e por aplicativo. A Fox Sports deve transmitir o começo e o fim da prova.

Até a próxima!