O Golf 1.6 saiu de linha. E mais alguns carros também.

golf-comfortline-16-msi
Golf Comfortline agora só com motor 1.0 TSI e câmbio manual

Vocês lembram do Golf 1.6? Sim, a diretoria da VW do Brasil provavelmente tinha acabado de sair de um happy hour e decidiu fazer um Golf aspiradão em pleno 2016, depois de três anos vendendo o carro apenas com modernos motores turbo. Como já prevíamos analisando a presença do Golf 1.0 TSI, é lógico que a manutenção do 1.6 em linha não daria certo e agora a versão deixou de ser produzida. Com isto, o Golf torna-se o único hatch médio do Brasil disponível com mais de uma opção de motor, sempre turbinado.

novo2bfusca2b20122bvolkswagen2b2-02btsi
Já é o terceiro adeus do Fusca no Brasil, sem contar o New Beetle

Mas parece que a chegada do Polo fez mais vítimas: o Fusca, que aparentemente não possui qualquer semelhança comercial com o novo intermediário da marca, também deixou de ser importado. Mas essa é uma mudança global já que, devido ao dieselgate e às baixas vendas do modelo, manter o Fusca em linha pareceu ser muito dispendioso para a Volkswagen. E essa jogada estratégica deixará a fábrica de Puebla, no México, livre para a produção dos novos T-Roc e Tiguan Allspace.

volkswagen-cc-1354287972221_956x500
Finalmente se livraram do CC (trocadilho infame)

Outro que some sem deixar sucessor, ao menos por aqui, é o CC. Antigamente chamado de Passat CC, o CC é um excelente carro que nunca foi bem vendido porque nunca foi bem divulgado. As importações já foram interrompidas, resta saber se o Arteon, que o substituiu na Europa, chegará também ao Brasil.

fox-xtreme-e1506103985517
O CrossFox Wannabe continua em linha

Finalizando o massacre da linha VW BR temos o Fox, que agora só existe em duas versões: a Connect, de R$ 54.590, e a Xtreme (que tem visual do CrossFox só que sem estepe), de R$ 57.590, ambas com motor 1.6 8 válvulas de 104 cv a 5.250 rpm e 15,6 kgfm a 2.500 rpm. Tanto o CrossFox quanto os modelos equipados com motor 1.0 sumiram da linha, o que me faz lembrar do início de 2015, quando o Polo saiu de linha e o Fox nadava de braçada dentro da VW. Parece que o jogo virou, não é mesmo?