Alonso renova contrato e faz McLaren aprender espanhol

Alonso entrará para o quarto ano com a McLaren em 2018, um feito que muitos suspeitavam que não iria acontecer. Esse será o quarto ano consecutivo com os ingleses, totalizando 5 anos de empreitada na McLaren, aonde ele guiou apenas um ano em 2007 e agora vem desde 2015, na promissora (na época) parceria McLaren-Honda (na qual se tornou um dos maiores fiascos na F1 moderna).

Porém, desde o começo do ano, a parceria entre Alonso e McLaren parecia ruir, o espanhol não estava nada satisfeito com a falta de potência dos motores Honda e ameaçava deixar a equipe caso não trocassem de fornecedor de motores, atitude que a equipe tomou no meio da temporada e resolveu quebrar o vinculo com a Honda para se juntar à Renault.

Para mostrar à todos que a renovação de contrato finalmente aconteceu, a McLaren fez um pequeno vídeo: McLaren Spanish for Beginners.

O vídeo se trata de uma fita-cassete de aulas de Espanhol para iniciantes. O vídeo fica engraçado quando grandes nomes como Eric Boullier e Zak Brown tentam falar em espanhol, veja você mesmo:

Zak Brown (Diretor Executivo) tenta dizer em espanhol: “Aonde está o contrato?”

Enquanto isso, muitos dizem: Mi motor es bueno, “meu motor é bom” (dando uma leve cutucada na Honda) e componentes em espanhol. E uma sala de aula do nada aparece, tentando ensinar alguns funcionários como dizer “La marcha”.

A próxima cena que dá uma dica sobre a parceria McLaren-Renault, é quando Stoffel Vandoorne questiona à Eric Boullier: “Eric, como se diz que tem muito oversteering no meio da curva?” E o Diretor de Corridas responde como se diz, mas em francês!

Na próxima grande cena, Fernando vêm e diz: “Nos vemos no próximo ano”, divulgando assim, com um vídeo super descontraído, a sua contratação. Isso mostra o quanto a esquadra inglesa está ansiosa e feliz que Alonso tenha ficado e que terão uma maior chance ano que vem com os motores Renault.

Para finalizar, Zak questiona no telefone: “Você está me dizendo que terei que aprender Espanhol E Francês ano quem?” E a resposta em francês diz “LÓGICO QUE SIM!”

Apesar de toda brincadeira, a McLaren tem um grande trabalho pela frente, adaptar o chassi para o motor francês em um curto tempo e o maior trabalho de todos: GANHAR CORRIDAS! Em 2018 não existirão desculpas de GP2 Engine, agora é pra valer.