Project CARS 2 – The REAL DRIVING Simulator

35584083191_653749394d_k (1)

No mundo dos games de corrida temos basicamente três gêneros: arcade (need for speed; driveclub), simcade (simulation + arcade) que é o caso de Forza e Gran Turismo; e os simuladores reais, como RFactor, IRacing, Assetto Corsa e agora o Project CARS 2 entrou nessa lista. Na primeira edição do jogo desenvolvido pela Slightly Mad Studios e a WMD (World of Mass Development), tivemos um jogo que queria ser simulador mas tinha muitos problemas de física e acabou entrando no limbo do simcade.

34119050494_5f5e86231a_h34628035306_857bc9c185_k

Lançado no começo do último mês, Project CARS 2 ganhou dois prêmios de melhor simulador de 2017. O caro amigo aqui que vos fala não vai fazer um review completo do jogo, mas darei a minha mais sincera opinião sobre o mesmo e porquê Project CARS 2 deveria levar o nome de Real Driving Simulator ao invés do título da Polyphony Digital.

33545967344_41eb149ae0_k36693368116_0abf6101b2_k

Pra começar, Project CARS 2 foi massivamente desenvolvido pelo conjunto produtora/pilotos para trazer o maior realismo possível para quem o jogaria. Tommy Milner, ex piloto da BMW RLL e atual piloto da Corvette Racing vencedor de Le Mans e um ex piloto de simuladores ajudou no desenvolvimento do jogo, assim como René Rast que acabou de conquistar seu título na DTM e é piloto de fábrica da Audi. Nicolas Hamilton, irmão de Lewis Hamilton também ajudou no desenvolvimento do jogo, Patrick Long, piloto de fábrica da Porsche, Ben Collins (Ex Stig) e Chris Goodwin, piloto de testes da McLaren. Cada um desses caras foi responsável por passar exatamente as sensações e comportamento do carro: Como é dirigir a McLaren 720S? Como é dirigir o Porsche 911 GT3 R? Somente quem dirige essas máquinas pode dizer com certeza.

37046634284_888649a1f5_k

Tudo foi feito quase do zero comparado com o primeiro jogo. Os menus, configuração do carro, algumas pistas foram escaneadas a laser como Nurburgring. Mas é incrível a evolução da física e dinâmica dos carros. Mais fácil não quer dizer menos real, nem mais difícil quer dizer mais real. Cada carro tem sua dinâmica e seu jeito de dirigir. O novo sistema de modelagem dos pneus simula todas as físicas envolvidas: torção, compressão, ângulo de deriva, etc. Ficou muito mais fácil levar o carro no limite. O jogo está extremamente divertido e competitivo. Quanto ao jogo online, poucas vezes peguei aqueles nego que quer te jogar pra fora, a grande maioria joga limpo.

37046623774_fa9f0e66a3_h37707333256_a2c61e74ae_k

A lista de carros está sensacional, com Ferraris, Porsches, McLarens e quase todos os carros clássicos de Grand Prix da Lotus. O modo carreira também ficou mais dinâmico e me parece mais legal de completar os desafios, além do sistema de jogo multiclasse e poder jogar em todas as pistas desde neve em Nurburgring até o calor escaldante de Long Beach. No jogo não existe aquela de ficar desbloqueando carro e etc. Desde o primeiro dia voce usar todos os carros pra jogar tanto off como online. Pra mim Project CARS é o melhor jogo de corrida que joguei desde o Gran Turismo 2.

35690674215_5047c2c119_k

MAAAAS, nem tudo são flores. O jogo ainda tem alguns problemas de travamento e bugs, que pioram na versão pra console. Alguns setups dos carros não salvam, a conexão online cai direto por causa do servidor, entre outras coisas chatas que precisam de patches. Mas o jogo no geral é muito bom. Uma das coisas que mais diferencia o Project CARS do GT Sport (joguei a demo), de cara é a física, e depois a imersão. GT Sport tem gráficos sensacionais, mas falta muito a questão da física que me parece não ter evoluído desde a ultima edição, e a imersão na pilotagem que não me trouxe nenhuma emoção, ao contrário do Project CARS que simula muito bem barulhos de suspensão, freios, transmissão, pneus, a gravidade aplicada no piloto entre outras miudezas que te faz parecer pilotar um carro de verdade.

34445822623_c644270705_k

Consideração final: Project CARS definitivamente entrou na lista de simuladores, e é um jogo completo, mas que ainda falta muito ser lapidado, e com o tempo talvez teremos o  melhor jogo de simulação de corridas já feito.

Disponível para PC, XBOX e PS4.