Conheçam a Formula Thunder 5000, campeonato Australiano com um ronco BRUTAL!

A maioria dos campeonatos automobilísticos que vêm nascendo (como a Fórmula E por exemplo) são criadas já com o futuro em mente, contando restrições de custos, carros sustentáveis, hibridização, baixa emissão de poluentes, enfim, apenas chatices que vão matando a essência do automobilismo. Mas aí você começa a fuçar a internet e descobre que as corridas roots ainda têm uma chance, um sopro de vida, ainda que fraco, porém que faz nossos corações se encher de esperanças novamente e vocês agora devem estar se perguntando “do que diabos você está falando, Maycon?”

Parece que estamos voltando à decada de 1970

Os australianos têm fama de pouco se lixarem para o que existe no resto do mundo em relação ao automobilismo, eles tem uma das séries de Stock Car mais animal de todas, a V8 Supercars, além de campeonatos de burnout e drifts, eles sabem como fazer boas corridas e sabem apreciar carros como ninguém, e rasgo estes elogios porque os australianos resolveram nos surpreender novamente com um novo campeonato de monopostos chamado de Fórmula Thunder 5000.

Pelo nome vocês já devem ter imaginado como será esse campeonato, estamos falando de carros que tem um motor Ford V8 de 5.0 (isso mesmo CINCO LITROS!), pneus traseiros enormes e largos, e um ronco que faz parecer que o céu está caindo e os cavaleiros do apocalipse estão chegando.

Infelizmente o modelo final perdeu a entrada de ar gigante, mas quem se importa?

Se as novas regras para os motores da F1 a partir de 2021 não te animaram, este campeonato é o ideal para você. A competição na verdade não é muito nova, trata-se de uma re-imaginação da Fórmula 5000, famoso campeonato de monopostos realizado nas terras do canguru na década de 1970. A FT5000 combina um chassi simples com um motor V8 Ford de 5.0 litros e os resultados dos primeiros testes são incríveis. Recentemente um protótipo fez uma aparição no circuito de Surfer’s Paradise, onde ocorre a Gold Coast 600 (corrida de endurance da V8 Supercars), e fez algumas voltas de demonstração nas mãos de Tim Macrow, e o som… galera, que ronco ABSURDO!

Não é apenas o ronco que é incrivelmente animal, mas também a maneira como o carro desliza nas curvas, a velocidade que estes monopostos podem alcançar e todo o espírito garagista que este veículo nos traz a mente. E se apenas um carro andando pelo circuito parece tão empolgante, imaginem só todo um grid formado por estes bólidos? Com 10, 15, 20 carros andando juntos? Será de estourar os tímpanos.

Não, infelizmente não é o logo do AGH no capacete do piloto!

Alguns carros já foram vendidos para outras equipes e, ao que parece, já existem no mínimo 12 carros confirmados para a primeira corrida. Infelizmente ainda não achamos informações de quando começará o campeonato e de quando será sua primeira corrida, mas confesso que estou extremamente ansioso! E vocês?