Tesla Semi e uma bela surpresa

O gênio do século, Elon Musk, agendou e reagendou diversas vezes a apresentação desse caminhão da Tesla, por conta do atentado natural que ocorreu há um pouco de tempo atrás e também por conta da produção do Model 3 não estar a todo vapor igual a Tesla queria. Assim sendo, a apresentação do Tesla Semi, um caminhão que nos lembra um aspirador de pó moderno, aconteceu e, como sempre, eles conseguiram toda atenção que queriam.

s

Para começar o Tesla Semi, um caminhão de botar respeito, faz aquele 0 à 100km/h mais rápido do que o seu AP TRESKILIMEI, mais precisamente, em 5 (insanos) segundos! Sabe aquele pega de farol à farol? O caminhão do Musk vai bengar uma M3 da geração E46 facilmente. Aliás, vai bengar a maioria dos nossos carros… Você pode me perguntar; “MAS E COM A CARGA MÁXIMA MIMIMI?” Boa pergunta, jovins, com a carga máxima de 36 toneladas, esse bengador fará o 0 à 100 km/h em 20 segundos!!!

O “tanque cheio” fará o caminhão percorrer 500 milhas, por volta de 804 quilômetros, antes de fazer uma próxima recarga. Primeiramente, ninguém esperava por uma distância tão grande e, para chocar mais ainda, a recarga de aproximadamente 640 quilômetros pode ser feita em apenas 30 minutos. Neste meio tempo o caminhoneiro poderia fazer uma parada, tomar um banho e se alimentar. O calcanhar-de-aquiles disso tudo é que para uma recarga assim veloz, um Megacharger será necessário, a nova estação de recarregamento DC da Tesla, que terá de ser instalada pelas estradas.

s2

Tais Megachargers terão um output de mais de 10 vezes o de seus Superchargers, significando algo em torno de 1,5MWh em pico. (Para simplificar e exemplificar, isso seria quase um mês de uso de energia em uma casa de americano, mas VIVA A ELETRICIDADE!)

Por dentro, o motorista se posiciona igual o comum McLaren F1, no centro. Um passageiro poderá se sentar em uma cadeira posicionada um pouco para trás, do lado direito. Diferente, nada conservador, assim que gostamos de ver, Tesla! O motivo por trás disso segundo a própria, é para maximizar o espaço interno pelo desenho das baterias e por conversas com motoristas de caminhão. Aqui você tem mais espaço para guardar suas coisas e pode até caminhar dentro da cabine de pé!

s1

Por dentro também, ao invés de muitos botões espalhados pela cabine, apenas dois monitores (maior do que esse no qual você esta lendo isso) são posicionados de cada lado do volante. Um para controles do caminhão e do outro lado, para mídia em geral, como em um Model S, 3 e X

A produção está prevista para 2019, com, segundo a Tesla, uma economia de 200 mil dólares om um milhão de quilômetros rodados. O caminhão de grande porte já está sendo testado pelas ruas do Estados Unidos. Esperamos que a produção do Model 3 finalmente entre nos trilhos, para não atrasar o capital da Tesla e eles continuarem a nos surpreender com suas verdadeiras maluquices.

Um adendo no final

Quase alá Steve Jobs, no final da apresentação do Semi, o Elon Musk soltou aquele “Ah, antes de finalizar, só mais uma coisa…” como se fosse algo esquecível, mas na verdade era o novo Tesla Roadster!

r

Falamos aqui que o Tesla Roadster ganharia um sucessor, mas não esperávamos que ele viria tão cedo. A bomba foi soltada sem dó, nada mais nada menos do que um esportivo capaz de passar toda sua energia para as rodas e mover o Roadster de 0 à 100 em animais 1,9 segundos. São números difíceis de entender, com 0 a 160 km/h em 4,2 segundos e um quarto de milha em 8,9 segundos. Agora você, caro leitor, pare e pense por um momento em tais números, tente entender tamanha doidera! Agora tome mais paulada do tio Musk; uma velocidade máxima de mais de 400 km/h, tudo provido de uma bateria de 200 kWh (o dobro de um Model S topo de linha) que providenciam (bem maneirado no pé) uma distância de pouco menos de 1.000 km antes de precisar de uma recarga! Sabe aquele Bugatti Chiron, cheio dos turbo e vários AP’s conectados? Vai ficar pra trás com 10.000 Nm de torque, contra 1.600 Nm do fuscão francês. Não, você não leu errado.

r1

O preço ficará na casa dos 200 até 250 mil dólares, ou uns milhões de dinheiros brasileiros, no qual será difícil de ver um por essas terras. Ou você também poderá esperar a versão apimentada (não era o bastante?) que já foi confirmada pelo Musk.

Se você quiser um, terá que esperar até no mínimo 2020, mas como andam as coisas com o Model 3, pode adicionar um ano nesse tempo de espera.