No Limite

24 Hours of Le Mans 2013

A temporada de 2018 está chegando. Nesse final de semana tem as 24 horas de Dubai,  em fevereiro as 24 Horas de Daytona. O AGH para comemorar esse começo de temporada não só das provas de endurance mas das corridas em um todo, traduziu esse lindo texto da Porsche que serve como lição de vida.

LeMans24-Jamey-Price-102-876x535

Limite: ponto aonde não se é permitido ir além. O habitat natural de pilotos e equipes de corrida. Vitória e derrota. Triunfo e tragédia. Euforia e exaustão, todos sendo equilibrados numa balança. Aqui, apresentamos cenas de anos anteriores da Porsche Motorsports. A dúvida é um parasita e a exaustão é seu hospedeiro. Na manhã fria de uma corrida de 24 horas, entre dia e noite, esse parasita se instala na sua vítima, cujo corpo necessita de sono, descanso e recuperação. A tentação é grande. Mas o desejo de atingir aquele ponto é maior ainda. As equipes tem um nome pra isso: limite. A vontade de atingir, conquistar e constantemente redefini-lo sem se render ao cansaço. Uma busca pessoal. Na pista e nos boxes. Somente alguns conseguem: os homens que se diferenciam dos meninos como Niki Lauda costumava dizer quando estava na F1. Mas essa é outra história.

24 Hours of Le Mans

A incessante busca pelo limite. Esse é o lema da Porsche Motorsports. Habilidade, paixão e ciência trazendo inovação além do seu tempo. Engenharia artística, talento e imaginação criando um modelo inovador de pilotagem com o Porsche 919 Hybrid. Coragem é necessária pra fazer acontecer. Força e resistência pra poder ganhar. É certo ou errado? “Você não consegue fazer progresso tecnológico sem corridas. Os maiores avanços foram feitos sob stress e pressão”. Essas são as palavras de Ferry Porsche.

28681-1

Bem vindo ao laboratório de pesquisa do automobilismo. Com seu sucesso e derrota, fracasso e vitória, sorte e infortúnio, triunfo e tragédia, lágrimas de todos os tipos, e tudo isso em público. A câmera foca no pit stop crucial. O herói é aquele que manda o carro de volta pra pista um instante mais rápido. O perdedor é aquele que deixa cair um parafuso de roda, e cuja mão trêmula é captada numa câmera por slow motion. Essas imagens, preservadas pela eternidade são o oposto do sucesso mas também fazem parte dele. Como Ferry Porsche também disse “Nós não temos medo de errar. Pelo contrário, nós esperamos a falha. Se você não falhou nenhuma vez em algum tempo, você não se desafiou”. Sentenças sem uma data de validade. A dúvida não tem onde cair.

Texto e conteúdo de propriedade da Porsche AG. Imagens de propriedade de seus autores.