McLaren Senna Carbon Theme: Uma homenagem ao ídolo Brasileiro!

O Salão de Genebra ainda nem começou (08 à 18 de Março) e a comunidade Gearhead já está enlouquecendo com as novidades das grandes montadoras. As coisas ficam ainda mais interessantes quando a McLaren através da MSO (McLaren Special Operations) decide homenagear um grande ídolo das pistas brasileiras e mundiais: Ayrton Senna.

Após 24 anos de sua trágica morte no GP de San Marino de 1994 em Ímola, a McLaren deverá apresentar no Salão de Genebra o McLaren Senna Carbon Theme 2019. Como o nome sugere, o carro tem sua carroceria coberta por peças em Fibra de Carbono, totalizando 67 partes que levam 1.000 horas para serem montadas e outras partes como a dianteira e a traseira do carro levam outras 250 horas da MSO para ficarem prontas.

Claro que para homenagear Senna o modelo precisaria ter a identidade visual do piloto e para isso inúmeros detalhes levam as cores do capacete de Ayrton. Além de pinças de Freio pintadas em verde detalhes com as cores do capacete do piloto estão em puxadores de porta, guarnições do interior do superesportivo e contrastam também com as cortes externas. O logotipo “S” também está presente nos apoios de cabeça dos bancos tipo concha e na enorme asa traseira. O interior é inteiro revestido com alcântara e ainda trás em seu console central uma central multimídia com as configurações do carro.

A McLaren ainda aproveitou o modelo para apresentar as novas rodas chamadas de “MSO 7-Spoke”. As rodas de parafusamento central são feitas de forma híbrida entre Fibra de Carbono e Alumínio ficando assim com apenas 7,5 kg cada montadas em pneus também 10% mais leves que o normal. Tudo isso garantiram a McLaren Senna uma redução de 10% à 15% de inércia rotativa para melhorar a aceleração, frenagem e respostas de direção.

(As novas rodas desenvolvidas pela MSO, utilizando da tecnologia Hybrid Carbon Fiber Wheel)

Lendo todos esses detalhes somos induzidos a pensar que o McLaren Senna Carbon Theme é mais um espetacular carro de pista, certo? Errado! A McLaren já deixou bem claro que a intenção do carro é ser o melhor super carro homologado para as ruas. O seu motor V8 biturbo com 4.0 litros entrega 800cv de potência e 80 kgfm de torque.

Caso você já esteja esperando o preço para entrar em contato com a marca e pedir o seu, sentimos muito. Apenas 500 unidades serão produzidas artesanalmente na fabrica em Surrey, na inglaterra, mas todos já estão encomendados e para tê-los na garagem seus proprietários desembolsarão 1,05 Milhão de Libras (300 Mil libras a mais que o McLaren Senna “comum”), o que chega em aproximadamente R$ 4,7 milhões por aqui. Deixaremos vocês com uma pequena galereria de fotos e uma pergunta: Será que teremos o prazer de ver algum desse desembarcar no Brasil?