Carros da Galera – Conheçam o VW Gol de Bruno Orlando

Falaí galera GearHead, hoje estamos postando mais um projeto do Carros da Galera! Além de nos aproximarmos de vocês, isso fará com que todos possam conhecer outros carros, ver diversos pontos de vista em cima do mesmo, despertar aquela paixão escondida meio renegada e até mesmo tirar aquela dúvida final, aquele detalhe que faltava para te animar na compra do veículo!

Lembramos que não queremos apenas os projetos mais absurdos, qualquer um pode participar, o foco aqui é na sua história com seu carro ou outros carros, queremos conhecer nossos leitores também! Hoje traremos para vocês a história de um carro que se não tem uma orbital um dia terá, um famoso cuspidor de biela,que tem mais gerações que a idade do Brasil, famoso por sempre trancar o transito e raspar em lombadas, um carro que se não está rebaixado, um dia foi ou um dia será. Com vocês a história de Bruno Orlando e seu VW Gol.

Senta que lá vem a história… Olá eu me chamo Bruno Orlando Bidas, tenho 25 anos, moro em Ponta Grossa no Paraná. Sou professor de educação física, mais ultimamente não atuo na área, faço alguns bicos de garçom durante a noite.

A 8 meses sou proprietário de um Volkswagem Gol CL 1.6 Mi, ele não tem apelido, mais a galera chama ele de golzão (porque é um p*** carro kkkkk), minha paixão por carros nasceu bem na infância pelo fato de ter uns 5 tios que são mecânicos, mais conhecidos aqui na minha cidade por “os barata”, toda vez que íamos os visitar a gente sempre ia na oficina deles, e acompanhava um concerto que estavam fazendo.

Como eu casei à 3 meses atrás e não tive muita sorte com meus 1.0rinho, optei por pesquisar e comprar um carro na faixa de 7 mil reais, um possante que fosse mais robusto e melhor pra gente poder viajar. Depois de muita escolha estava decidido, iria comprar um Gol 1.6, pois da sua categoria era o único que não tinha dirigido e não conhecia seu desempenho.

Comprado o “Golzão” minha esposa não tinha gostado muito da cor, mais eu tinha amado pois era um carro chamativo e eu particularmente gosto de uma coisa que todos vejam e se destaque por ser só meu. Logo que comprei ele no primeiro passeio peguei logo uma subida e senti de cara a diferença e a resposta do motor AP 1.6 de 90 cavalos, comecei a gostar desse ponto em diante, foi ai que comecei a pesquisar mais sobre o carro e em específico sobre o motor da fera, descobri que esse motor em específico é o sonho da rapaziada que curtem um “turbão”.

Antes do Gol tive uns 6 carros, mas como dizia minha mãe 6 que não valia por 1. Hoje em dia é muito complicado comprar no nosso Brasilzão um carro usado bom, foi ai que tive diversos problemas com uma revenda aqui da minha cidade, peguei quase todo estoque de carro do cara, dentre deles dois Corsas 95′, um Uno fire 2004′, um Celta 2004′ e um Uno Mille 93′ todos com diversos problemas, e antes de todos esses tive um Corsa 97′ esculhanbado por inteiro o coitado. Então entramos em um acordo, ele me devolveu a grana e fui pesquisar um carro particular até achar a bênção.

Única coisa que coloquei nele foi um jogo de calota do Gol CL quadrado, deu um aspecto bem original, já que o mesmo chegou até mim com 94 mil rodados originais e curtia um original. Depois de várias pesquisadas na Google e por sempre assistir a Nascar na TV quando criança me inspirei em montar um projeto em cima disso mais não deu muito certo, até porque a grana é curta e a gasolina é cara para se fazer as duas coisas. Penso em futuramente depois de um emprego fixo na área em iniciar e terminar esse projeto novamente, e beeeem futuramente colocar um turbão de “treiskilimei”, pois o motor desse carro é uma coisa impressionante, consegui associa nele economia com potência, pode até parecer mentira mais o último cálculo que fiz em relação ao consumo foi de 11.7Km p/ Litro de gasolina na cidade, e na estrada consegui pegar 160kp/h tranquilamente, único ponto fraco e por se tratar de uma versão básica dos bolinhas, básico de tudo.

Durante a semana gasto em média uns 50 reais de gasolina ADITIVADA, sim aditivada, aprendi com o meu velho que podemos pagar um pouquinho a mais nessa gasolina e irá poupar nosso motor. A viagem mais longa que tive com ele foi até a capital Curitiba, uns 300km, no qual se portou muito bem e econômico como disse anteriormente. Enfim um carrão, que me deixou na mão uma vez só, durante um dia cedo em que eu estava indo trabalhar e rachou a mangueira que interliga a bomba de água no cabeçote, mais coisa simples em que eu mesmo troquei e o que foi mais difícil foi tirar a presilha do que trocar o mesmo.

A melhor história que tenho com ele é todos os dias, saber que vou dirigir um carro que todo mês vai realmente durar a gasolina, já que sou um pouco mão de vaca kkkkk. Mais como a alegria de pobre dura pouco, a cerca de um mês levei ele no meu tio mecânico pra ele dar uma olhada já que desconfiei de uma fumacinha branca que saia em altas rotações. Foi ai que escutei a pior notícia de todas: Seu carro vai precisar fazer o motor, irá gastar uma nota no Golzão! Agora vou levando como posso e a espera de um milagre já que estou desempregado e amo muito esse carro e não pretendo vender tão cedo.

E por hoje foi só pessoal! Essa foi a história do Bruno e seu Gol. E se você quer participar do Carros da Galera é só mandar um e-mail para contato@amigosgearheads.com.br. Lembrando que o carro da semana sempre será a capa do nosso Facebook. Esperamos que todos tenham gostado e semana que vem tem mais! Para ler sobre outros carros que participaram aqui do carros da galera, clique aqui.

Todas as informações aqui veiculadas são de total responsabilidade do autor das respostas e elas não necessariamente representarão a opinião do Amigos GearHeads.