Temos mais um adolescente no Brasil: Honda Fit completa 15 anos!

Um dos maiores (um dos, é claro) sucessos de venda no Brasil está completando 15 anos em nosso mercado: O Honda Fit.

Muito conhecido por sua versatilidade (aliada a economia de combustível e mecânica robusta), o Fit deu suas caras por aqui pela primeira vez em Abril de 2003. Nesta época em que as peruas ainda tinham grande mercado no país, o Fit deixou o publico curioso por seu grande espaço interno, fazendo com que fosse confundido até com uma “Minivan” mesmo tendo sua carroceria Hatchback. Era o carro preferido do pai de família que precisava de um  carro misto (Viagem, caminho pro trabalho, cotidiano em família).

Vamos relembrar o histórico do modelo no Brasil e suas diversas gerações.

1ª Geração

2003 – Lançadas as versões LX e LXL, com motor 1.4 a gasolina de 80cv e opção de câmbio manual ou CVT.

Estreando novo motor de 105cv!

2005 – Um leve facelift (na grade frontal apenas) acompanhou a chegada do motor 1.5 16V com comando variável na admissão (Vtec) de 105cv e em 2007 o 1.4 se tornou Flex estreando algo diferente: um bocal de abastecimento no lado direito, do tanque de partida à frio, para não precisar abrir o capô ao abastecer.

A agora 2ª geração tinha um design muito bem resolvido e bom pacote de equipamentos.

2008 – A primeira geração seguiu firme até receber uma cara nova de verdade. A 2ª geração trouxe design totalmente novo (e mais versões:  LX, LXL, EX e EXL) mas manteve os motores 1.4 e 1.5, gerando polêmica ao trocar o câmbio CVT por uma transmissão automática convencional. Esse é até hoje o modelo mais comum de ser ver pelas ruas.

Novidades? Só visual mesmo.

2012 – Com mais um facelift o mercado continuou aceitando muito bem o espaçoso carrinho, mas sem novidades mecânicas não houve nenhuma explosão em vendas.

Temos que admitir: as rodas exclusivas da versão caíram muito bem.

2013 – A onda dos carros aventureiros chegou aqui também e trouxe a versão Twist com alguns apliques e detalhes estéticos mas também sem alterações mecânicas.

Esta cor é sensacional!

2014 – O câmbio CVT estava de volta, agora num Fit totalmente novo com motor 1.5 Flex de até 116cv. O desenho renovado e o bom pacote de equipamentos trazia uma nova vida a linha (sem falar naquele Azul espetacular).

Chegamos ao 15º ano e agora temos assistências eletrônicas.

2017 – Recebendo mais uma atualização visual o modelo finalmente trouxe o tão pedido controle eletrônico de estabilidade para seus clientes.

Hoje partindo de R$ 58.700,00 o Fit talvez não ofereça mais um Custo x Benefício tão grande devido ao preço, mas suas gerações anteriores ainda movimentam muito o mercado de usados (quem já procurou um da 2ª geração sabe bem).