Felipe Massa volta as pistas pela Formula E

Após muita especulação, Felipe Massa finalmente anuncia sua volta as pistas, depois de uma participação na Stock Car na primeira corrida da temporada, o brasileiro de 37 anos volta as pistas na Fórmula E que além de iniciar sua quinta temporada, também estreará a nova geração de carros que eliminará a troca de carros durante a corrida.

A apenas quatro rodadas do fim da quarta temporada, hoje a Venturi Fórmula E anunciou que o piloto se juntará ao time para a 5ª temporada (2018-19), depois de assinar um contrato de três anos.

Com os testes dos novos carros se iniciando no final de maio, Massa comentou: “Estou muito feliz por me juntar a Venturi e ao campeonato de Fórmula E, que se tornou uma competição magnífica em tão pouco tempo.

“Há alguns anos, tenho claro meu interesse por esta categoria inovadora e voltada para o futuro que está se desenvolvendo exponencialmente. Eu gosto especialmente do formato das corridas, dos circuitos do centro da cidade e do contato com os fãs.”

Felipe Massa começou sua carreira nos karts aos oito anos de idade, continuou competindo em campeonatos nacionais e regionais por sete anos, antes de se mudar para a Fórmula Renault e para a Fórmula 3000, onde ganhou o campeonato.

Em 2002 estreou na Sauber, em 2003 foi para a Ferrari para ser piloto de testes e em 2004 voltou para a Sauber como piloto oficial, onde correu até 2005 para voltar para a Ferrari como companheiro de Michal Schumacher onde correu até 2013. Em 2014 o brasileiro foi para Williams onde encerrou seu ciclo em 2017, durante todo este tempo ele conseguiu 269 largadas, 41 pódios e 11 vitórias.

“É uma honra receber Felipe na família Venturi”, disse Gildo Pastor, presidente da Venturi Automobiles e da Venturi Fórmula E. “Eu precisava dele, de sua experiência e de sua velocidade. A Fórmula E é extremamente complexa para acertar e dirigir. Ainda mais do que em outras disciplinas, o trabalho em equipe entre o piloto e a equipe de engenharia é uma das chaves para o sucesso. Os 15 anos de experiência de Felipe na Fórmula 1 certamente nos darão um impulso. E com sua natureza humilde, sei que ele vai ouvir a equipe e dominar a categoria rapidamente ”.