Carros da Galera – Conheçam o Peugeot 206 de Breno Augusto

Falaí galera GearHead, hoje estamos postando mais um projeto do Carros da Galera! Além de nos aproximarmos de vocês, isso fará com que todos possam conhecer outros carros, ver diversos pontos de vista em cima do mesmo, despertar aquela paixão escondida meio renegada e até mesmo tirar aquela dúvida final, aquele detalhe que faltava para te animar na compra do veículo!

Lembramos que não queremos apenas os projetos mais absurdos, qualquer um pode participar, o foco aqui é na sua história com seu carro ou outros carros, queremos conhecer nossos leitores também! Hoje traremos para vocês a história do quebrador de bieletas mais famoso do país, aquele que adora entortar o eixo traseiro e que tem a suspensão mais frágil que porcelana. Com vocês a história de Breno Augusto seu Peugeot 206.

Fala aí turma do AGH, me chamo Breno Augusto, tenho 21 anos e moro em Contagem, Minas Gerais. Desde pequeno sempre fui bastante influenciado pelos meus tios por parte de mãe a gostar de carros. Lembro que na minha infância adorava viajar com meus tios ao invés de ir com meus pais porque meus tios andavam rápido, e eu gostava demais daquilo. A sensação é única e indescritível!

Hoje eu possuo um Peugeot 206 1.4 de cor prata, que está original, apenas com uma modificação no escape (coisa de leve). Mas o meu primeiro carro foi também um 206, porém nesse… Ah meus amigos, aquela sensação de ter comprado, depois de muito esforço e sacrifício, meu primeiro carro foi única. Ele tinha uma cor azulada que não é comum de se encontrar, e eu fui mexendo aos poucos nele (ou até onde o bolso permitia). Comecei arrancando as calotas originais, que já estavam bastante gastas, e coloquei as calotas do 207, porém pintei de preto fosco. Depois coloquei uma película no farol para dar uma melhorada na estética. Após isso, coloquei um escape esportivo e também um filtro esportivo. Confesso que a sensação ao volante, com aquele ronco, era do caralho! Posso dizer que hoje, apesar de já ter outro 206, ainda sinto falta do azul. Creio que primeiro carro é inesquecível né? O que eu mais achava engraçado era quando eu andava com a minha namorada. Aqueles gritos de “PARA, PARA, PARA, VOCÊ TA MUITO RÁPIDO” eram bastante engraçados, mas no fim até ela mesma curtia.

Acredito que minha paixão por carros nasceu por sempre estar ajudando meus tios em todo fim de semana lavar seus carros. Lembro quando desmontávamos as rodas de um Monza para lavarmos tudo, e depois eles me deixarem ajudá-los a manobra-lo na garagem. Um desses meus tios era piloto da FIAT, então sempre pedia para ele me ensinar algumas gracinhas, e também a conduzir com rapidez e segurança.

Aos meu 19 anos, depois de ficar juntando dinheiro, e com a ajuda do meu pai, comprei meu primeiro carro. Confesso que muitos amigos torceram o nariz quando falei que comprei um carro francês. Porém depois de andarem nele, viram o potencial do 206, que é um famoso “lobo em pele de cordeiro”.

Acredito que a admiração por este carro começou no jogo Need for Speed: Underground 2, onde eu tunava aquele carrinho francês e corria até. Com o jogo, só fui observando mais e mais o carro, até cair no meu gosto e eu comprar! Porém, como nem tudo é um mar de rosas, no dia 23/03/2017 me envolvi em um acidente a caminho do meu trabalho, que acabou dando perda total no meu carro. Confesso: chorei bastante ao ver ele todo amassado, e também por ter perdido meu primeiro carro. Com a indenização do seguro, eu comecei a olhar carros que eu podia pagar. Olhava carros de até 15 mil e nenhum me agradava. Até que um dia me deparei com outro 206. Carro estava íntegro. Chamava atenção pelo estado de conservação. Liguei pro cara na hora e acabei comprando-o. Estou com ele até hoje, e o mantenho original (somente uma alteração de leve no escapamento). Não tenho intenção de ficar com ele, porem precisava de um carro para poder sair com minha namorada, ir ao trabalho e viajar.

Esse carro tem um desempenho, dentro dos seus limites, muito bom. Anda bem na estrada e sua estabilidade em curvas é impressionante.

Meus gastos nesse carro hoje são os básicos, pois tenho em mente comprar outro, com um motor mais forte. Meu sonho de consumo, desde que foi lançado, é um Civic SI.

Hoje em dia apenas reúno com meus amigos na garagem, ou em encontros nos postinhos de BH para bater um papo, zoar (e ser zoado por ter um carro francês).

Mas é isso aí galera, espero que tenham curtido a minha história com meus carros.

E por hoje foi só pessoal! Essa foi a história do Breno e seu ex-206. E se você quer participar do Carros da Galera é só mandar um e-mail para contato@amigosgearheads.com.br. Lembrando que o carro da semana sempre será a capa do nosso Facebook. Esperamos que todos tenham gostado e semana que vem tem mais! Para ler sobre outros carros que participaram aqui do carros da galera, clique aqui.

Todas as informações aqui veiculadas são de total responsabilidade do autor das respostas e elas não necessariamente representarão a opinião do Amigos GearHeads.