Carros da Galera – Conheçam o VW Gol de Victor Souza

Falaí galera GearHead, hoje estamos postando mais um projeto do Carros da Galera! Além de nos aproximarmos de vocês, isso fará com que todos possam conhecer outros carros, ver diversos pontos de vista em cima do mesmo, despertar aquela paixão escondida meio renegada e até mesmo tirar aquela dúvida final, aquele detalhe que faltava para te animar na compra do veículo!

Lembramos que não queremos apenas os projetos mais absurdos, qualquer um pode participar, o foco aqui é na sua história com seu carro ou outros carros, queremos conhecer nossos leitores também!Hoje traremos para vocês a história do carro mais roubado desse Brasil, aquele carro que se não trincou o túnel, ele vai trincar, o carro mais manolizado já visto por estas terras, o famoso cuspidor de biela, aquele que manda pistões pro espaço, do motor com um kit de preparação tão comum que você compra por kilo na padaria e claro e o carro mais valorizado da história, que os donos acham que ele vale seu peso em ouro. Com vocês a história de Victor Souza e seu Volkswagen Gol.

Fala pessoal do Amigos GearHeads, me chamo Victor, tenho 20 anos de idade, nasci em Barbacena – MG e atualmente moro em Pará de Minas – MG; curso Administração e possuo um VW Gol GL 1.8 1989, conhecido como Remela, apelido que se originou na época em que rodei com todos os faróis amarelos.

Como você acredita que nasceu esta paixão por carros?

A minha paixão por carros acredito que nasceu comigo, já que desde sempre o lugar em que mais gostei de ficar era dentro de um carro.

Porque escolheu este carro?

Escolhi este carro por estar dentro do meu orçamento para um primeiro carro e por ele estar com a lataria sem podres e com a mecânica em dia, coisas difíceis de se encontrar em um carro por R$ 5000,00 aqui na região.

Como você acredita que nasceu este amor/paixão/admiração por este carro em especifico?

Apesar da minha paixão ser o Opala, sempre gostei dos quadrados, já que são modelos que, apesar do pequeno porte, são valentes, bons de mexer e preparar.

O carro tem alguma alteração de motor e/ou estética ou pretende deixar original!?

Atualmente o carro está quase todo original, possui somente os faróis de neblina pintados de amarelo e o cabeçote com tuchos hidráulicos, mas no futuro penso em montar um Sleeper, deixando seu exterior e interior o mais original possível, mas com motor preparado para gerar pelo menos 200cv na roda, nada exagerado, apenas uma preparação para deixá-lo mais esperto para ultrapassagens e quem sabe, brincar um pouco nas arrancadas e track days.

Quais você considera os pontos fortes e fracos do carro?

Ao meu ver, os pontos fortes do carro são a facilidade de se encontrar peças; seja para manutenção, preparação e do interior; o bom desempenho apesar dos 29 anos de idade e o acabamento, coisa que hoje em dia a linha Gol não possui mais um tão bom como o dos quadrados, que não usam plásticos como forro de porta, mas sim curvim e tecido.
Já os pontos fracos acredito que seja o alto consumo, ao menos para um estudante que não tem um centavo no bolso, e a suspensão um pouco molenga de mais em altas velocidade, o que nos proporciona certos sustos de vez em quando.

Como é o uso no dia-a-dia!? (Conforto, consumo, manutenção, desempenho, etc)

Utilizo o carro diariamente para ir à faculdade e as vezes pára trabalhar; ele me proporciona um conforto muito bom (não é um conforto de importado, mas é muito melhor que muito carro do ano), possui o consumo um pouco alto (7 km/l na cidade e 10 km/l na BR com média de velocidade beirando 140km/h), quase não dá manutenção e quando dá é por causa da idade; peças que já chegaram ao fim da vida útil, possui um desempenho muito bom, melhor que muito carro mais novo.

Como são seus gastos com o carro?

Durante esse tempo em que estou com ele, já gastei cerca de R$ 4000,00 em manutenções, a maioria por cautela do que por precisar mesmo, fora isso, ele me dá gasto somente com gasolina e trocas de óleo e filtros.

Qual foi a viagem mais longa que já fez com ele? Como se portou durante a viagem?

A viagem mais longa que fiz até hoje foi de cerca de 600 km ida e volta, o carro se portou muito bem, segurando uma média de velocidade próxima dos 140 km/h sem forçar muito e sem aquecer além do normal, foram 3 h de viagem que me impressionaram, já que foi a primeira vez que fiz um trajeto com mais de 40 min nele.

Ele já te deixou na mão? (Quebrar em algum lugar longe de casa/voltar de guincho pra casa) O que aconteceu?

Até hoje ele nunca me deixou na rua, o problema maior que tive com ele foi a cerca de 1 mês, quando rompeu a junta do cabeçote, mas consegui chegar em casa tranquilamente e leva-lo para oficina no dia seguinte sem precisa de guincho.

Qual a melhor história que já teve com este carro!?

A melhor história que tive ate hoje com ele foi o dia em que fui brincar com um colega de faculdade e ele com um carro mais potente e bem mais novo não conseguiu acompanhar o meu velhinho, foi uma sensação que só quem já sentiu sabe explicar, saber que seu carro, que vale cerca de 1/6 do outro ou menos, conseguiu ser melhor.

E a pior?

A pior foi quando a junta do cabeçote se rompeu e o carro não quis ligar no centro da cidade, todo mundo olhando e zombando achando que o carro iria precisar de guincho, mas no final ele ligou e fui embora pra casa tranquilo.

Pensa em algum dia trocar/vender este carro!?

Não penso em vender nem trocar este carro, penso em comprar um Opala e ter na garagem dois dos carros mais queridos no Brasil.

Bom, para terminar, para quem está a procura de um primeiro carro, não desistam de encontrar um que lhe agrade, apesar de tudo que pode acontecer, seja falta de dinheiro, o carro quebrar, ninguém lhe apoiar em ter um carro mais velho e gastão, vocês verão que no final, aquele carro que no inicio você não dava nada por ele, pode ser o carro que te levara aos melhores lugares da vida, pois lhe mostrará que não é preciso dinheiro para fazer o que gosta e mexer com o que gosta, tudo que você precisa é de perseverança e garra para conseguir. O meu carro não é dos melhores que se pode ter, mas me mostra quem é interesseiro e quem não, me traz alegria apesar de todos os problemas que possa enfrentar e acima de tudo, me mostra que para conseguir o que quer, as vezes é necessário arriscar, como eu arrisquei na compra de um carro que na época tinha 27 anos de uso e sem saber como era a manutenção dele e se já havia se envolvido em acidentes, coisas que descobri com o tempo, mas que não me fizeram desistir dele.

Agradeço a oportunidade de contar um pouco sobre o que já vivi com o Remela, é um grande prazer poder passar algumas experiências que tive com ele para outras pessoas.

E por hoje foi só pessoal! Essa foi a história do Victor e seu Gol. E se você quer participar do Carros da Galera é só mandar um e-mail para contato@amigosgearheads.com.br. Lembrando que o carro da semana sempre será a capa do nosso Facebook. Esperamos que todos tenham gostado e semana que vem tem mais! Para ler sobre outros carros que participaram aqui do carros da galera, clique aqui.

Todas as informações aqui veiculadas são de total responsabilidade do autor das respostas e elas não necessariamente representarão a opinião do Amigos GearHeads.