Este Tesla Model 3 faz quase 1.000 km em apenas uma carga

Todos aqui devem ter algum amigo que não se importa com o consumo do carro e temos aquele amigo pé de pluma que consegue fazer o inimaginável com um tanque. Ou essa pessoa pode até ser você, afinal, não está fácil para ninguém.

Dito isso, um grupo de dois loucos amigos levaram adiante essa ideia de tirar o máximo de cada gota de combustível do tanque. Porém, ao invés de cada gota, cada porcento de bateria. Os carros elétricos trouxeram um motivo a mais para essas pessoas extraírem o máximo possível do carro, pela quantidade inferior de lugares para recarregar o carro.

Usando um Tesla Model 3 que segundo a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos faria no máximo 498 quilômetros em uma carga de bateria, presidente de um clube de donos de Teslas em Denver pegou a estrada com Erik Strait dentro de um Model 3 para fazer hypermilling. O grupo conseguiu atingir quase que o dobro do máximo previsto. Impressionante levando em conta que o Tesla Model S P100D, o irmão maior e mais potente do Model 3 só conseguiu 100 quilômetros a mais quando  o mesmo tipo de desafio foi feito.

O desafio foi feito em 32 horas e exatos 606,2 milhas (975,6 km). A velocidade média que o grupo atingiu durante o desafio foi entre 30 e 50 km/h, aonde o modelo elétrico é o mais eficiente possível. Além disso nada que sugasse a carga da bateria foi usado, apenas o essencial.

Como isso não é um conto de fadas, o final não foi muito feliz, pois após consumir 100% da bateria, eles colocaram o carro para recarregar em uma estação da Tesla por toda a noite e no dia seguinte, continuava no zero. O carro simplesmente não aceitava a carga e foi levado para um centro de serviços da Tesla.

O chamado Hypermiling é uma prática conhecida entre os donos de Tesla. Em agosto do ano passado, um grupo de italianos conseguiu rodar mais de mil quilômetros com uma única carga.