Toyota Yaris faz sua estreia no Brasil!

Não tem muito tempo que descobrimos o motivo do design duvidoso dos carros da Toyota. Essa matéria mal esfriou e já apareceu mais um pra somar a conta: Toyota Yaris hatch e sedã estão no mercado!

Sobre o visual deixaremos a cargo de vocês o julgamento (confira a galeria no final), mas precisamos dizer que o desenho é muito mais sóbrio e moderno, puxando mais para Corolla do que para Etios. Por falar neles, o Yaris ficará exatamente no meio, posicionado como veículo intermediário da marca com os seguintes preços sugeridos:

Tabela de preços sugeridos para o lançamento.

Sim, Yaris sedã terá somete motores 1.5 enquanto o hatch também pode ser equipado com motorização 1.3 e ambos oferecem duas opções de câmbio:

– Transmissão manual de 6 velocidades, derivada da mecânica do Etios, a Toyota conta com o IMT – Monitor Inteligente de Aceleração –, que funciona como um auxiliar de arranque, minimizando que o motor “apague” assim que o motorista tira o pé da embreagem para colocar o carro em movimento. Além disso, para o Yaris os engates das marchas estão mais precisos.

– Multidrive CVT, já consagrada no Corolla e famosa pelo baixo consumo de combustível. Seu diferencial é um software de gerenciamento que simula sete marchas, mesmo quando o motorista conduz o veículo com o câmbio na posição Drive.

O Câmbio Multidrive CVT é emprestado do Corolla.
Motores novos?

Sim e não! Os motores são herança do Etios, mas receberam algumas atualizações que renderam 3 cv a mais nas duas opções:

– 1.3, Flex, Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, que agora rende 101 cv a 5.600 rpm, quando abastecido com etanol, e 94 cv, a 5.600 giros, com gasolina. O torque máximo nesta configuração é de 12,9 kgfm (com etanol) e de 12,5 kgfm (com gasolina), sempre a 4.000 rpm.

– 1.5, Flex, Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, passando a entregar 110 cv de potência a 5.600 rpm, quando abastecido com etanol, e 105 cv, a 5.600 giros, com gasolina. O torque máximo, a 4.000 giros, é de 14,9 kgfm (com etanol) e de 14,3 kgfm (com gasolina).

De série em todas as versões e pra manter o posto de carros seguros da marca japonesa, Yaris traz controle de tração (TRC), estabilidade (VSC) e assistente de subida em rampa (HAC), freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD) e assistente de frenagem (BAS), cinto de segurança de três pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes, airbag duplo, faróis de neblina dianteiros e traseiros, faróis com regulagem elétrica, ISOFIX com ancoragem Top Tether de cadeiras infantis (uma alça é presa também no porta-malas do carro, reforçando ainda mais a segurança), função “Siga-me”, retrovisor interno eletrocrômico e alarme volumétrico com monitoramento dos vidros e janelas.

Painel de instrumentos no lugar certo: Que Satisfação!

A versão XS do modelo agrega câmera de ré, enquanto a XLS ainda conta com sensor de chuva e dois airbags laterais, dois de cortina e um de joelho, contabilizando ao todo sete bolsas.

Para o conforto e comodidade o modelo oferece direção eletroassistida progressiva (EPS), ar-condicionado, vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico por um toque, travas elétricas, faróis com regulagem elétrica, faróis de neblina, retrovisor interno eletrocrômico e banco traseiro rebatido 40/60 (sedã).

Computador de bordo traz (em algumas versões) opções além do que estamos acostumados a ver.

 

Para as versões XL e XL Plus Tech, o painel de instrumentos conta com display LCD de 2.7”. São três mostradores circulares que reúnem as informações de bordo: o do lado direito mostra o termômetro do motor e o indicador de combustível, o da esquerda exibe o conta-giros, enquanto no do meio é possível visualizar o velocímetro e o computador de bordo, com funções de hodômetro parcial A e B, consumo de combustível instantâneo e médio, autonomia, velocidade média e intensidade de brilho do painel.

INteratividade

Para as versões XS e XLS, o computador de bordo conta com uma tela de 4.2” com tecnologia TFT colorido e de alta resolução e mais funções, como histórico de viagem, de consumo a cada cinco minutos, de consumo mensal (km/l) versus distância e histórico mensal de valor (R$) versus consumo (litros). Já a versão XL Plus Tech passa a contar com ar-condicionado automático e digital, chave inteligente presencial, Smart Entry e sistema de partida sem chave tipo Start Button e central multimídia com tela de 7” sensível ao toque com funções de rádio AM/FM, MP3, entrada USB, conexão auxiliar Bluetooth®, Toyota Play+, sistema que permite espelhamento de aplicativos por meio da tecnologia SDL e com tecnologia Harman e navegador Tom Tom para sistemas operacionais IOS e Android e Waze para sistema IOS.

UOW! Chega de recheio e vamos encarar os fatos: o Yaris é bonito, tem preços competitivos e a fama de robustez da Toyota vai tirar o sono de Virtus e Cronos (E Argo e Polo também).

Por fim… FOTOS (e vídeo)!