Novo regulamento para o WEC abre possibilidade de GT1 voltar com hipercarros

O ano de 2017 marcou o fim da Porsche na categoria mais alta dos protótipos no WEC, deixando a Toyota como única montadora no campeonato, tendo que lutar apenas com si mesma e deixando o campeonato muito previsível. Eles só irão perder, se quebrarem os carros. Fácil assim, né?

Com isso, a FIA precisa se reinventar para não deixar morrer um dos melhores campeonatos que existem. Na última semana, a FIA arranjou o novo regulamento que irá resultar em uma nova era de protótipos , cortando um pouco o custo astronômico de uma equipe LMP1, para 1/4 do que se gasta hoje em dia.

As novas regras, que serão válidas na temporada de 2020 dizem praticamente para as equipes fazerem os protótipos em base de seus carros esporte de rua. Isso servirá para manter o nível de performance e diminuir os custos da categoria. A categoria se chamará GTP, parecido com a antiga GT1. O que se espera das fabricantes com essa regra é usarem seus hiper-carros de rua como base dos protótipos.

Os protótipos serão híbridos, porém com uma tecnologia mais simples e barata do que é usada nos protótipos do regulamento atual. As fabricantes que estão muito atentas e talvez irão entrar na categoria são; Toyota (atualmente a única no LMP1), McLaren, Aston Martin, Ferrari e Ford. Entre outras que poderão aparecer.

As novas regras sobre carros de rua e as fabricantes envolvidas, levaram esse designer gráfico a criar o que possivelmente será o grid para 2020, e ficou animal! Confiram:

KOENIGSEGG AGERA RS GT1
ASTON MARTIN VALKYRIE GT1
MERCEDES-AMG PROJECT ONE GT1
LAFERRARI FXX K EVO GT1
MCLAREN SENNA GT1
BRABHAM BT62
PORSCHE 918 GT1

Mais detalhes serão revelados antes das 24 Horas de Le Mans, que acontece dia 16 e 17 deste mês e vale a pena conferir!

Se você quiser conferir mais designs do Marco, dê uma checada em seu Instagram.