Suzuki apresenta o Jimny de quarta geração

O jipinho mais valente do mercado nacional ganhará uma nova encarnação ainda este ano. Após 48 anos desde sua versão original, a quarta geração do SUV ultra-compacto faz sua estréia ainda este ano.

O novo Jimny tem um quê de Mercedes Classe G

O Jimny convencional virá sem o estepe pendurado na traseira. Além disso alguns adereços off-road, como os para-lamas alargados, não estarão presentes na versão de acesso. O modelo de visual mais robusto é chamado de Jimny Sierra.

A versão Sierra possui adereços off-road

A Suzuki do Brasil já confirmou que o modelo virá importado e será vendido ao lado do modelo nacional produzido em Catalão (GO).

O painel resgata os traços da terceira geração mas recebe itens mais modernos, como o volante multifuncional, o ar-condicionado digital e a central multimídia.

O catálogo de cores do Suzukinho é variado, mas o “Vermelho Mônaco” e o “Amarelo Rally” fazem falta

Definitivamente a moda da pintura “saia e blusa” voltou. Depois Mini Cooper, Land Rover Evoque e até mesmo o Nissan Kicks, a Suzuki não poderia ficar de fora e agora oferece alguns esquemas de cores em dois tons para o novo Jimny.

O chassi permanece separado da carroceria: a Suzuki não se rendeu

O preço final e as especificações técnicas não foram liberadas. O que sabemos é que o motor permanecerá com quatro cilindros e o chassi mantêm a tradicional construção de carroceria sobre um chassi do tipo escada. É interessante notar que até mesmo o tradicionalíssimo Land Rover Discovery abriu mão dessa construção para adotar o chassi monobloco, enquanto que a Suzuki manteve a arquitetura das gerações anteriores.