Carros da Galera – Conheçam a Volkswagen Parati de Caio Paes

Falaí galera GearHead, hoje estamos postando mais um projeto do Carros da Galera! Além de nos aproximarmos de vocês, isso fará com que todos possam conhecer outros carros, ver diversos pontos de vista em cima do mesmo, despertar aquela paixão escondida meio renegada e até mesmo tirar aquela dúvida final, aquele detalhe que faltava para te animar na compra do veículo!

Lembramos que não queremos apenas os projetos mais absurdos, qualquer um pode participar, o foco aqui é na sua história com seu carro ou outros carros, queremos conhecer nossos leitores também! Hoje traremos para vocês a história do carro mais roubado desse Brasil, aquele carro que foi feito Parati enlouquecer, aquele carro que se não trincou o túnel, ele vai trincar, o carro mais manolizado já visto por estas terras, o famoso cuspidor de biela, aquele que manda pistões pro espaço, do motor com um kit de preparação tão comum que você compra por kilo na padaria e claro e o carro mais valorizado da história, que os donos acham que ele vale seu peso em ouro. Com vocês a história de Caio Paes e sua VW Parati.

Diga seu nome, idade, onde mora…aquela apresentação básica para a galera te conhecer!

Saudações Amigos Gearheads, sou Caio Paes, 20 anos, de Piracicaba, interior de SP.

Qual carro você tem?

Tenho uma Parati 1995, muito orgulho do meu “bólido”, inclusive.

Ele tem algum apelido?

Carinhosamente chamo de “Patati”, nem por causa do palhaço, mas por um erro de digitação em um grupo de amigos e acabou pegando o nome.

Como você acredita que nasceu esta paixão por carros?

O problema começou cedo, talvez desde quando eu era só uma célula dentro do corpo do meu Pai no auge dos seus 18 anos, quando ele quase se matou com um Maverick V8 emprestado de um amigo hahahaha.

Fora a brincadeira, acho que vem de quando ele me deu um Playstation (sim, o primeiro) e me levou comprar alguns jogos, no meio da banca eu vi um tal de Gran Turismo, aquela capa clássica com a logo do game e um pneu de fundo me chamou a atenção. Ele não pensou duas vezes e disse que era pra eu levar. Já jogava Top Gear no meu Super Nintendo (que tenho até hoje inclusive), mas a paixão mesmo veio do GT.

Porque escolheu este carro?

Esse carro era do meu Pai, desde que ele comprou (há uns 8 anos) me dizia que esse carro iria ser meu, eu sempre fui apaixonado nele, tentei comprar outros carros, achando que nunca teria o meu Patati, até que em um momento de aperto financeiro ele precisava vender o carro, no desespero fui atras e consegui dinheiro emprestado para comprá-lo do meu Pai, eu sei que a vontade dele era ter me dado esse carro, mas mesmo eu comprando foi o melhor presente que ele me deu até hoje.

Como você acredita que nasceu este amor/paixão/admiração por este carro em especifico?

Como ja disse acima, era do meu Pai, antes ele tinha uma Belina Del Rey, não gostava muito dela, mas quando ele apareceu com a Parati foi amor a primeira vista.

Quais carros já teve antes do atual?

É meu primeiro carro, e se depender de mim não terá próximo dono hahaha

O carro tem alguma alteração de motor e/ou estética!?

Até o momento o motor é original, apenas com carburador 2E mas pretendo fazer uma preparação aspirada básica e futuramente turbinar, mas nada estupidamente forte.

Suspensão tenho um kit rosca com molas do gol bola (até onde ouvi falar são mais firmes que as do quadrado, me corrijam se estiver errado).

Já na estética vieram rodas MOMO aro 14 de época (reformadas em casa), setas laranjas e milhas amarelos , grade e emblemas grafite e friso branco nos parachoques, tudo feito em casa.

Quais você considera os pontos fortes e fracos do carro?

O maior ponto forte é o custo desse tipo de carro, documentação, manutenção, peças de acabamento, e até acessórios são baratos e fáceis de se encontrar
O ponto fraco é que infelizmente é muito facil de ser roubado, mesmo com segredos não consigo deixar ele em qualquer lugar.

Como é o uso no dia-a-dia!? (Conforto, consumo, manutenção, desempenho, etc)

O conforto fica um pouco comprometido em relação a um original devido a suspensão mais rígida, o consumo é bem alto, preciso dar uma geral no carburador, e o desempenho é extremamente satisfatório, eventualmente pego alguns desavisados achando que a Parati é muito maior que Gol, mas são “apenas” 70kg a mais e 20cm de comprimento.

Como são seus gastos com o carro?

No momento são altos, infelizmente meu Pai deixou o carro cair com o tempo, então estava cheia de probleminhas e detalhes que estou arrumando aos poucos, mas a tendência é piorar quando começar a preparação hahahaha

Qual foi a viagem mais longa que já fez com ele?

Infelizmente nunca viajei com esse carro, meus pais nunca tiveram uma condição muito boa financeiramente, então o mais longe que já fui com ele foi até uma cidade vizinha, aproximadamente 30 minutos de estrada.

Como se portou durante a viagem?

Sem nenhum problema, fora a aerodinâmica “caixa de sapatos” que não colabora muito em altas velocidades, nada de especial hahahahaah

Ele já te deixou na mão? (Quebrar em algum lugar longe de casa/voltar de guincho pra casa) O que aconteceu?

Uma unica vez que quebrou o cabo de embreagem (quando ainda era do meu pai, mas estava comigo), estava longe de casa e num domingo final de tarde, não conseguimos arrumar na hora, vamos andar de guincho!

Qual a melhor história que já teve com este carro!?

Acho que a melhor história que eu tive com ele, é a própria historia dele! O fato de ter sido do meu Pai e tudo mais que já contei. Fora isso, são alguns momentos em que pessoas elogiam, perguntam sobre, aquele clássico “Pede quanto??” do frentista, são coisas que compensam todo o esforço, tempo e dinheiro gasto.

E a pior?

Até agora nada de muito ruim me aconteceu com ele, espero que nunca precise escrever algo desse tipo hahahaha

Pensa em algum dia trocar/vender este carro!?

Penso em passar pro meu futuro filho(a), daqui a uns 25 ou 30 anos, ainda não penso em ter filhos, mas quando tiver será dele.

Gostaria de agradecer ao pessoal da Amigos Gearheads por abrir esse espaço pra galera mostrar e contar a historia de seus carros, que pra nós não é apenas um meio de condução, gostaria de agradecer também meu amigo Gustavo Sartori (@gustavolsartori no instagram) pelos belíssimos cliques em comemoração a uma etapa concluída na evolução deste carro que vocês conheceram através deste post.

Peço desculpas inclusive pelos textos longos, é que realmente é algo que vai alem de uma simples historia ou um simples carro, é um sonho que vem se realizando aos poucos ♥

PS: Infelizmente a unica foto que consegui dele original esta em péssima qualidade, mas da pra ter uma noção das mudanças até agora .

E antes que eu me esqueça, #saveTheWagons.

E por hoje foi só pessoal! Essa foi a história do Caio e sua Parati. E se você quer participar do Carros da Galera é só mandar um e-mail para contato@amigosgearheads.com.br. Lembrando que o carro da semana sempre será a capa do nosso Facebook. Esperamos que todos tenham gostado e semana que vem tem mais! Para ler sobre outros carros que participaram aqui do carros da galera, clique aqui.

Todas as informações aqui veiculadas são de total responsabilidade do autor das respostas e elas não necessariamente representarão a opinião do Amigos GearHeads.