Honda CR-V agora sai por R$ 189.000

O Honda CR-V foi lançado aqui no dia 15 de março por R$ 179.900, mas parece que as baixas vendas não são o suficiente para a Honda do Brasil. O site oficial do produto já nos mostra que o novíssimo SUV da Honda continuará a venda exclusivamente na versão Touring, sempre equipado com o 1.5 turbinado de 190 cv a 5.600 rpm e 24,5 kgfm a 2.000 rpm. O câmbio é um CVT que emula sete marchas.

O Honda CR-V é maior SUV da marca no país

Com acabamento em madeira no interior e os faróis full LED presentes em quase toda a linha Honda, o CR-V ainda traz painel de instrumentos digital, partida remota do motor, ar-condicionado digital dual zone com saídas de ar na fileira de trás, freio de estacionamento elétrico, GPS e Head Up Display. A tração é integral e as rodas de 18 polegadas são calçadas em pneus 235/60.

Os pneus tem um perfil bem mais alto que o encontrado na concorrência

Os bancos dianteiros são elétricos (com memória para o motorista) e a abertura do porta-malas pode ser realizada com aquele chutinho por debaixo do para-choque. Na parte de segurança temos sete airbags, Isofix, alerta de saída de faixa e os já mandatórios controles de tração e estabilidade. O teto solar está lá, minúsculo como no Lifan X80.

O acabamento é bom, mas essa central…

Em recursos e porte o CR-V se alinha com Chevrolet Equinox (bem mais potente), Peugeot 3008 (bem mais barato), Volkswagen Tiguan (já com sete lugares e na versão R-Line) e Jeep Compass (que roda diesel). O mais triste do Honda é ver a mesma central multimídia do Civic, que já é ruim para o preço cobrado do Civic, num carro de 190 mil reais.