Rouba mas faz: multas poderão ser parceladas no cartão

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) finalmente aprovou as novas regras que permitem aos motoristas que paguem suas multas com o cartão de crédito. Pra você ver como as multas realmente fazem parte do dia a dia do brasileiro: elas chegam com tanta constância que passamos a lidar com elas como se fossem boletos convencionais. O aprendizado por trás da advertência não existe mais, só importa a arrecadação. Mas não vamos entrar nesse mérito.

“Aqui estou mais um dia”

“Considerando a necessidade de aperfeiçoar a forma de pagamento das multas de trânsito e demais débitos relativos ao veículo, adequando-a a métodos de pagamentos mais modernos utilizados pela sociedade”, diz o órgão na Resolução 736. Então tá.

Será possível pagar várias multas de uma só vem e parcelar o valor de todas elas. O interessante disso tudo é que, ao parcelar as multas, o carro já poderá ser licenciado, já que o débito agora é com a operadora do cartão e não com o Detran. Isso pode ser algo muito bom, mas também pode se tornar uma bagunça no caso de quem já não sabe se planejar com o cartão.

Acontece

Cada Detran poderá contratar empresas que irão regular os novos meios de pagamento, desde que elas sejam credenciadas pelo Sistema Nacional de Trânsito e autorizadas por uma instituição supervisionada pelo Banco Central do Brasil.