Polo e Virtus são os primeiros compactos a ganharem som premium no Brasil

Buscando atrair um público mais jovem, Polo e Virtus recebem, no Brasil, um kit de som de respeito. A novidade adiciona mais potência sonora aos modelos e de quebra mostra que carros compactos também merece equipamentos de segmentos superiores.

Os dois tweeters ficam na coluna A

O novo sistema de som é daquela marca que ficou famosa por fazer fones de ouvido extravagantes e com graves encorpados, a Beats. Trata-se de um kit com quatro alto-falantes, dois tweeters e um subwoofer, tudo isso sendo moderado por um amplificador digital de 8 canais. A potência de saída é de 300 watts RMS declarados, o que é muita coisa.

As soleiras são exclusivas da versão

Além dos equipamentos funcionais, a parte estética recebeu mudanças para atrair os consumidores mais estilosos. As soleiras são novas, assim como o logotipo na lateral do veículo. O painel, as costuras dos bancos e até mesmo os retrovisores são pintados em vermelho, independente da cor do veículo. Isso no Polo, o Virtus preferiu a discrição.

O interior recebeu o painel vermelho, assim como as costuras dos bancos

A parceira entre Volkswagen e BeatsAudio não é exatamente nova: desde 2016 o Up! é vendido na Alemanha com o sistema de som da marca americana em algumas versões, opcional esse que nunca foi vendido por aqui ao lado do teto solar panorâmico, rodas de 17 polegadas e ar-condicionado digital. O conjunto, por sinal, é o mesmo encontrado em Polo e Virtus, de 300 watts.

O Polo com rodas aro 17 e retrovisores vermelhos não parece ser original de fábrica. E isso é bom.

O Polo Comfortline custará R$ 70.992, enquanto que o Highline saltará para R$ 75.528. Já o Virtus Comfortline sai por R$ 76.763, sendo cobrados R$ 82.040 pelo Virtus Highline com o pacote Beats.