A BMW fez a primeira moto autônoma

A divisão Motorrad da BMW, na qual é responsável pelas motocicletas do grupo alemão apresentou no BMW Motorrad Techday de 2018, uma R 1200 GS dando suas primeiras voltas livre leve e solta. Isso mesmo, uma moto andando por aí, sozinha.

A tecnologia vem sendo desenvolvida às escuras há mais de 2 anos e segundo a própria BMW, apesar de não parecer ter sentido uma moto que vai do ponto A ao ponto B sozinha, eles explicam que existe sim um mercado para isso.

A moto liga e desliga sozinha, reconhece curvas, obstáculos, acelera e freia até parar sozinha. O engenheiro Stefan Hans e seu time criaram essa tecnologia não para termos motocicletas completamente independentes. A criação foi feita para terem uma plataforma base para desenvolvimento de futuros sistemas e funções para termos motos mais seguros e confortáveis no futuro. A intenção do protótipo é de coletar dados em relação à dinâmica de como guiar a moto e de detecção de situações perigosas, para então ajudar o motorista com sistemas de segurança apropriados para a ocasião.

“Olha pai, sem o pézinho”

Não contentes em desenvolver uma moto que entrega pizza sozinha pode andar sozinha, a BMW Motorrad entregou mais novidades, como um chassi feito 100% usando impressora 3D, onde a tecnologia já é presente em diversos veículos. A tecnlogia é muito útil para desenhar peças que não poderiam ser produzidos de outra maneira.

Chassi e braço oscilante impressos

Os processos inovadores utilizados na produção de componentes de chassis de motocicletas, braço oscilante e rodas, são feitos de carbono leve e de alta resistência, já usado na HP4 RACE por exemplo. Com o objetivo de máxima inovação e maior qualidade possível, as divisões BMW Motorrad e a BMW Automobile têm uma aliança próxima neste campo, onde este material tem sido usado há muito tempo na produção em série.

A moto autônoma não será o fim dos passeios sem direção de motociclistas, mas um modo de ajudar a prevenir acidentes e mortes no trânsito, dando maior conforto e estabilidade para aquelas longas viagens. Quando o assunto é salvar vidas, a tecnologia é sempre muito bem vinda.