Porsche abandona motores Diesel

Desde o escândalo do Dieselgate, as marcas do grupo VW vem procurando reduzir o impacto que teve com todas as suas marcas e agora a Porsche da um grande passo ao abandonar de vez os motores diesel em sua linha de carros. É por isso que a fabricante está intensificando suas atividades nas áreas de tecnologia híbrida e eletromobilidade e, no futuro, não oferecerá mais veículos com motores a diesel.

Em 2022, a Porsche terá investido mais de seis bilhões de euros em mobilidade elétrica, criando a base para o crescimento sustentável no futuro. O interesse em modelos híbridos já está decolando. 63% dos Panameras vendidos na Europa, por exemplo, são modelos híbridos. A demanda por modelos a diesel, por outro lado, está caindo. Em 2017, a participação de diesel da Porsche mundial foi de 12%. A Porsche não tem diesel em seu portfólio desde fevereiro deste ano. Devido a essa mudança de condições, a empresa decidiu não oferecer mais motores a diesel no futuro.

“A Porsche não está demonizando o diesel, ele continuará a ser uma importante tecnologia de propulsão. No entanto, como fabricante de carros esportivos, para quem o diesel sempre desempenhou um papel secundário, chegamos à conclusão de que gostaríamos que nosso futuro fosse livre de diesel. Naturalmente, continuaremos a cuidar de nossos clientes atuais de diesel com o profissionalismo que eles esperam ”, diz Oliver Blume, CEO da Porsche AG.

Com a Taycan, a Porsche levará o seu primeiro carro esportivo puramente elétrico ao mercado em 2019 – sua fabricação é neutra em relação ao CO2 e é abastecida com eletricidade verde por meio de uma infraestrutura de carregamento ultrarrápida distribuída pela Europa. Em 2025, cada segundo veículo novo da Porsche poderia ter uma propulsão elétrica – híbrida ou puramente elétrica. A Porsche também está se concentrando em motores de combustão interna otimizados. Carros esportivos puristas, emocionais e poderosos continuarão, assim, a desempenhar um papel importante no portfólio de produtos da Porsche.

Blume enfatiza: “Nosso objetivo é ocupar a vanguarda tecnológica – estamos intensificando nosso foco no núcleo de nossa marca e alinhando consistentemente nossa empresa com a mobilidade do futuro”.