Próximo Porsche Macan será exclusivamente elétrico

A segunda geração do Porsche Macan, lançada no meio do ano passado, é um dos poucos SUV’s realmente apaixonantes. Com versões GTS e Turbo, a dinâmica é afiada mesmo num centro de gravidade elevado. Mas se a ideia de um veículo altinho da Porsche já soa exótica, prepare-se: o próximo Macan será puramente elétrico.

A segunda geração do Macan, apresentada no ano passado, será a última com motores a combustão

Alguns anos separam a geração atual da próxima, mas a fabricante germânica já adiantou que os motores a combustão serão dispensados do seu SUV de entrada. Não, não estamos falando de uma variante elétrica. Estamos falando da ausência de uma variação à combustão.

O Taycan será o primeiro Porsche 100% elétrico de produção

Com isso o novo Macan será o terceiro Porsche 100% elétrico, com o Taycan sendo a vanguarda da marca, seguido pelo Taycan Cross Turismo. Todos utilizam a plataforma PPE (Premium Platform Electric), desenvolvida em parceria com a Audi e utilizando a tensão de 800 V.

“Até 2022 vamos investir mais de seis mil milhões de euros em mobilidade elétrica e, em 2025, 50% dos novos veículos Porsche poderão ter um sistema de propulsão elétrica.” afirma Oliver Blume, Presidente do Conselho de Administração da Porsche AG

O posicionamento da Porsche para o Macan é interessante porque ao focar nos motores elétricos teremos um carro muito mais coerente. Ao ser pensado para funcionar como carro elétrico desde a sua concepção, teremos um projeto bem mais adaptado ao posicionamento das baterias e a autonomia do carro, citando apenas dois exemplos.

O Macan permanecerá como porta de entrada para os veículos da marca, excetuando os 718

Por outro lado, o caminho a seguir é obscuro. Começamos com SUV’s, depois carros elétricos, condução semi-autônoma e autônoma, recursos interessantes mas que acabam anestesiando o uso soviético. O que mais irá por vir? Mas é aquela coisa, tudo isso a Porsche já vende, então se tá no inferno abraça o capeta.